Paraíba registra segunda morte por Gripe A

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou a segunda morte de paciente com o vírus H1N1, na Paraíba. Um professor de 35 anos, residente no município de Cabedelo, que estava internado em um hospital particular da Capital desde o domingo passado (dia 2), foi a óbito por volta das 22h do último sábado. Além de ter sido infectado por influenza A-H1N1, o paciente estava com suspeita de pneumonia fúngica, que se for confirmada, teria sido um fator de agravamento da doença.

Segundo o último balanço da Gerência de Vigilância em Saúde do Estado, desde o surgimento da nova gripe, foram notificados 45 casos suspeitos na Paraíba, sendo que 10 foram confirmados (com dois óbitos), 21 descartados e 14 estão sendo investigados.

O secretário estadual da Saúde, José Maria de França, a equipe de técnicos da Vigilância e a médica infectologista que acompanhou o professor, Joana D’Arc Frade, vão esclarecer os detalhes sobre essa morte durante entrevista coletiva à imprensa, às 10h desta segunda-feira (10), na Secretaria de Estado da Saúde (SES), na Avenida Dom Pedro II, Torre, na Capital.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.