Padre paraibano revela ter sido infectado pelo coronavírus pela segunda vez

Exames médicos confirmaram que o padre Roberto Coura, da Paróquia São Judas Tadeu, no bairro da Torre, em João Pessoa, foi reinfectado pela Covid-19. O religioso procurou atendimento médico ontem depois de sentir falta de ar e diminuição do olfato e paladar. Submetido a uma tomografia na madrugada de hoje, o padre revelou que está de novo com Covid-19. Ele chegou a publicar um pedido de oração em seu perfil nas redes sociais, mas depois apagou a mensagem.

Antes da tomografia, Roberto Coura passou por exames que detectariam zika, chikungunya e dengue e todos deram negativo. Ele contou que na madrugada começou a ter dificuldades para respirar e a oxigenação no sangue diminuiu. A tomografia mostrou comprometimento dos pulmões entre 25% e 50%, lembrando que havia sequelas da primeira infecção pela Covid-19.

O padre Roberto Coura já havia sido infectado pela doença causada pelo novo coronavírus em maio. Naquela época, ficou em observação por uma noite e foi liberado para cumprir quarentena em casa. O vigário da Paróquia São Judas Tadeu declarou que está bem, embora sinta mais dores nas costas desta vez que na primeira vez que contraiu o coronavírus.

A partir de agora, alguns padres amigos foram escalados para ajudar nas celebrações religiosas da paróquia de São Judas Tadeu enquanto ele cumpre 14 dias de nova quarentena.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.