Emilson Garcia

Graduação em Jornalismo (UEPB) com extensão em Jornalismo (PUC-Peru) Especialista em Gestão Pública/IFPB. Mestre em Ciência da Informação-UFPB. Coordenador do curso de Comunicação Social da Uninassau João Pessoa e Professor universitário.


Padre Fabrício e a evangelização na rede digital: uma primavera cristã em tempos de pandemia

Há cerca 10 meses, utilizei esse generoso espaço para refletir um pouco sobre o fenômeno socioreligioso que tem em Taperoá, no cariri paraibano, seu pólo de ressonância para todo o Nordeste.

Mais uma vez, sou suscitado a partilhar sobre a experiência evangelizadora que hoje rompe qualquer circunscrição diocesana e chega a milhares de lares por intermédio das redes sociais digitais e demais meios de comunicação de massa.

Essa dinâmica evangélica que concatena uma profunda assistência espiritual e visível sensibilidade profética tem ganhado contornos sem precedentes com o Padre Fabrício, que sem exageros, é hoje o sacerdote mais popular do interior do Estado.

Ao personificar a mensagem de Francisco, “ir às periferias geográficas e humanas”, Padre Fabrício busca em seu pastoreio diário, ser um construtor de pontes em meio aos tensionamentos da contemporaneidade.

O que arregimenta dezenas de milhares de pessoas a acompanharem suas celebrações vai muito além da busca por sentido, consolação ou cura. Na pós-mordenidade, todos querem ser ouvidos, lembrados e amparados em duas dores e necessidades mais legítimas. Assim, é possível enxergar em Padre Fabrício a empatia do Pastor que provoca, orienta e acolhe.

Na sociedade em rede, podemos defini-lo como um evangelizador multimídia, que abarca uma efetiva atuação em seu Instagram pessoal, YouTube, Facebook e claro, por meio da potência radiofônica.

Ao conceituramos como uma “Primavera cristã” o trabalho liderado pelo referido Pároco, queremos lançar luzes sobre seu empenho de resgate do pertencimento comunitário, da vivência pastoral e da missionariedade após longos dois anos de restrições eclesiais provocados pelo coronavírus.

Um fenômeno não se mede apenas por indicadores quantitativos ou visualizações. Nem tão pouco ele é perceptível apenas por apelos emocionais. No caso de um líder religioso, é preciso consistência discursiva, autêntico testemunho e força moral. Padre Fabrício soma tais atributos com humildade e senso de propósito de quem vê nas mídias digitais, uma ambiência capaz de reafirmar a fé em tempos de relativismo, concatenar a caridade como dever cristão, bem como produzir novos rearranjos de esperança em cenários nebulosos.

Que seus frutos se propaguem por todos os recantos!

Sigam: padrefabriciooficial

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.