Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Orçamento 2011 preparado por Maranhão está cheio de “minas”

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Um relatório que já está disponível para estudo dos técnicos da equipe de transição do governador eleito Ricardo Coutinho (PSB) dá uma dimensão do que poderá esperar a próxima gestão do Estado em termos de “bombas” armadas nos frios números do Orçamento projetado para 2011 – que está estimado em pouco mais de R$ 7 bilhões. A rigor, há um pequeno crescimento em relação a 2010, executado sobre uma projeção de R$ 6 bilhões -, mas importantes áreas sofrem cortes profundos da tesoura da Secretaria de Planejamento do Governo Maranhão III.

Em praticamente todas as áreas, há cortes consideráveis de recursos. Saúde (tem R$ 61,7 milhões de redução) segurança (terá a menos mais de R$ 50 milhões) e educação (com tesouradas em toda sua estrutura), apontados como os mais prioritários pelo atual governo – têm, no próximo ano, um cenário preocupante.

“Precisaremos ter bastante cuidado para evitar o caos plantado como “minas” dentro de um orçamento cheio de falhas”, recomendou Ricardo Coutinho à sua equipe de transição.

Na última quinta-feira, em reunião com deptutados estaduais, consciente dos problemas criados, o governador eleito pediu que se adie a votação do Orçamento para o início do próximo ano. “É uma cautela saudável e necessária”, garante Ricardo.

Barbosa fará denúncia na Assembleia

O deputado Ricardo Barbosa (PSB), líder da oposição, promete fazer um duro pronunciamento esta semana contra as “bombas” do Orçamento para o próximo ano. “É absurdo e inconcebível”, critica o deputado, confessando-se escandalizado pela forma como a equipe do atual governo vem conduzindo um processo de transição e de transferência de problemas.

Ricardo Barbosa lamenta que a equipe do atual governo crie artificialmente essas manobras no Orçamento 2011 para tentar prejudicar o Estado e seu povo,  exatamente a partir do primeiro ano do governo de Ricardo Coutinho.  (MA)

Raniery diz ser “teoria da conspiração”

Para o deputado Raniery Paulino (PMDB), assim como o colega Ricardo Barbosa, muitos integrantes da equipe do governador eleito Ricardo Coutinho estão se envenenando por uma “ridícula teoria da conspiração”.

Para Paulino, existem claros exageros na reação a uma proposta orçamentária em estudo para o próximo ano e chama a atenção de que caberá à Assembleia, dentro de suas prerrogativas, fazer as alterações que considerar plausíveis no projeto de lei.

Segundo o deputado do PMDB, não há surpresas no tipo de postura adotada por Ricardo Barbosa, mas ele lamenta que, à essa altura,  “se faça tanto barulho por nada” no atual processo de transição. (MA)

Jornal da Paraíba

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

X rede social

Diretor jurídico que representava X no Brasil renuncia ao cargo

alcool FOTO juca varella agencia brasil

Agevisa restringe venda livre de álcool a 70% na Paraíba a partir de 30 de abril

livros FOTO Pixabay

FLIDI: Festa Literária de Dona Inês celebra literatura e educação no clima frio da serra paraibana

vacina seringa FOTO Pixabay

Paraíba tem Dia D de vacinação contra influenza e multivacinação

viatura pcpb FOTO Ascom PCPB_

Travesti é assassinada no bairro de Jaguaribe, em João Pessoa

mega sena agencia brasil

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado em R$ 56 milhões

luis roberto barroso FOTO valter campanato agencia brasil

Regulação da Inteligência Artificial precisa proteger direitos fundamentais, diz presidente do STF

_viatura pcpb FOTO Ascom PCPB

Policial civil é preso suspeito de matar homem em bar, em Patos

Cidade Viva promove workshop com exposição das ações sociais neste sábado

Cidade Viva promove workshop com exposição das ações sociais neste sábado

sergioqueiroz

Sérgio Queiroz deve anunciar candidatura própria a prefeito de João Pessoa ainda hoje