Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Operadoras fazem saldão de iPhone no Brasil

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

Às vésperas do Dia das Mães e da conferência anual WWDC, quando a Apple geralmente apresenta os novos modelos de iPhone, as operadoras Claro, Oi e Vivo cortaram os preços do aparelho em até 37%.  De acordo com alguns planos, o aparelho pode sair "de graça". Antes disso, em março, a TIM tinha feito uma redução que chegou a 57%.

O corte se deu após uma reunião da empresa com as operadoras e não representa um desconto sazonal, então não foi concedido em razão especial ao Dia das Mães. A redução ocorreu por uma correção que foi negociada em uma reunião entre a Apple e as operadoras.

Nesse encontro, a empresa de Steve Jobs conseguiu fazer com que todas as operadoras mudassem os valores ao mesmo tempo, com exceção da TIM, que já havia feito a correção no começo de abril – de acordo com a operadora, a queda no valor do iPhone foi de aproximadamente 10% em São Paulo. "Como a TIM está pagando menos pelo aparelho, repassou o desconto para os consumidores em todos os planos, inclusive no pré-pago", afirmou a empresa, por meio de sua assessoria.

Os descontos mais atraentes estão presentes nos planos pós-pagos. Mas no caso dos pré-pagos, apesar de não terem sofrido grandes alterações, alguns planos acabaram sendo barateados e, em alguns casos, as operadoras realizaram aumento de créditos nas contas dos usuários. De acordo com a assessoria da Vivo, a redução é uma “prática habitual de revisão e readequação do portfólio dos produtos comercializados pela operadora”.

Também por meio de uma nota, a Claro informou que mudou os valores para acompanhar a redução do mercado. A operadora diz que a diminuição de preço varia de 10% a 30%.

Os preços na Oi oscilam entre R$ 1.999 (iPhone 3G de 8GB) e R$ 2.799 (iPhone 3GS de 32GB). Agora, a variação é entre R$ 1.869 (iPhone 3G de 8GB) e R$ 2.649. A operadora deu créditos aos clientes, que agora têm R$ 2.100 e podem ser usados em 12 meses. Na Oi, a oferta vale até dia 31 deste mês.

Made in Brazil

No mês passado, a Apple passou a negociar com a Foxconn, que produz seus aparelhos na china, o uso de uma fábrica em Jundiaí (SP) para fabricar alguns de seus aparelhos no Brasil. A atitude pode ajudar a baratear os aparelhos no país.

A empresa tenta conseguir um Plano Produtivo Básico (PPB) para obter descontos em impostos na importação de insumos. Além disso, a Apple negocia com a Foxconn para que a fábrica receba uma linha exclusiva de montagem.

Trazer a montagem para o Brasil foi uma das formas encontradas pela Apple para combater a alta carga tributária sofrida com a importação dos produtos e, assim, dar um up nas vendas no país.

 

AdNews com informações da Folha de S.Paulo

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage