Operação Verão: Acauã atua em 26 ocorrências em um mês

Uma das ações diferenciadas da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Sesds) durante a ‘Operação Verão’ neste ano é o reforço do trabalho executado pelo Grupamento Tático Aéreo (GTA), com o uso da aeronave Acauã 2. Desde o dia 20 de dezembro do ano passado, quando foi iniciada a operação, 26 ocorrências foram recebidas pelo grupamento, entre resgates e de natureza policial. A atuação tem como objetivo dar mais agilidade aos atendimentos realizados nas regiões de João Pessoa e Campina Grande, abrangendo a extensão da orla e as rodovias que cortam o Estado, também apoiando as operações de prevenção e repressão qualificada desenvolvidas pelas forças de Segurança

De acordo com o comandante do GTA, coronel José Anchieta, as ocorrências de resgate envolveram patrulhas preventivas, intoxicação por monóxido de carbono, afogamentos, acidentes automobilísticos e transportes inter-hospitalares. Já as ações policiais foram de apoio, cerco policial, patrulhamento, e roubos de carro. “Em dezembro do ano passado, por exemplo, recuperamos dois veículos na região de Massangana, em Cruz do Espírito Santo, fizemos o transporte inter-hospitalar de um paciente do Hospital de Emergência e Trauma para o Hospital Regional Metropolitano e realizamos resgate de atropelamento, em Pitimbu. Este ano, já trabalhamos também em situações de afogamentos, acidentes e apoio a operações policiais realizadas no Estado”, frisou.

Aperfeiçoamento – Treinamentos operacionais de resgates com equipamentos especiais fazem parte da rotina dos integrantes do GTA da Paraíba. Nos dias 13 e 14 de janeiro deste ano, os policiais militares, civis e bombeiros militares que compõem a equipe realizaram treinamento teórico e prático para salvamentos e resgates com uso de diversos equipamentos e técnicas que podem ser utilizados na aeronave: puçá, sling, maca de ribanceira, macguire e rappel. A capacitação fez parte do Programa de Treinamento Operacional (PTO) institucionalizado pelo comando do GTA, com o objetivo principal de qualificar pilotos e operadores aerotáticos para as mais diversas ocorrências.

No dia 10, os integrantes do grupamento realizaram treinamento na Vila Olímpica Parahyba, com instruções de resgates aquáticos, que contaram com a presença de militares do Grupamento de Aviação Operacional do Distrito Federal (Gapov), colocando em prática a troca de conhecimentos e experiências entre os profissionais que atuam na área de aviação.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.