Operação prende 9 policiais e apreende armas e até caneta letal

A Operação Águas Limpas, deflagrada na manhã de hoje em João Pessoa, Cabedelo, Bayeux, Santa Rita e ainda no Distrito Federal, pelas Polícias Civil e Militar com o apoio da Polícia Federal, apreendeu até o final desta manhã grande quantidade de munição e dezenas de armas de fogo, seis silenciadores, diversas armas brancas e até uma caneta que é uma arma letal, dispara balas.

A ação das três polícias ainda está sendo realizada e cerca de quinze pessoas foram presas até as primeiras horas desta tarde. Dentre os presos nove policiais militares e um agente penitenciário. Todos os detidos são acusados de integrar grupos de extermínio. Um policial militar do Distrito Federal também foi preso esta manhã, em Brasília. Ele tinha a missão de fornecer armas para os grupos de extermínios na Grande João Pessoa. As prisões e apreensões ocorreram em residências e estabelecimentos comerciais.

De acordo com o secretário Gustavo Gominho, ao tomar conhecimento da situação, ainda em 2009, o governador José Maranhão recomendou providências imediatas junto à Procuradoria Geral de Justiça e à Polícia Federal, daí então foi instaurado o inquérito.

Em entrevista coletiva às 11h desta sexta-feira o secretário da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado da Paraíba, Gustavo Ferraz Gominho, afirmou que o inquérito policial, que culminou com a Operação Águas Limpas foi instaurado no dia 5 de janeiro deste ano e que as investigações começaram já em março de 2009, pela Polícia Civil com base em informações da existência de grupos de extermínio na Grande João Pessoa. Em maio do ano passado, a polícia descobriu que um preso de um dos presídios de João Pessoa encomendava as mortes aos grupos de extermínios que têm a participação de policiais. 

Cofre com armas na casa de policial – Com a participação de 222 policiais, a operação Águas Limpas teve o objetivo de cumprir 38 mandados de busca e apreensão e de 19 mandados de prisão, expedidos pela Justiça da Paraíba. Um policial militar preso há mais de um ano no 5º Batalhão de Polícia Militar, no Valentina Figueiredo, foi flagrado esta manhã de posse de uma arma, em sua cela. Na casa dele, a polícia encontrou um cofre com cerca de trinta armas, inclusive silenciadores, equipamento de uso proibido.

De acordo com as investigações, esse PM costumava sair do quartel à noite. Dentre os demais detidos, que não são policiais há uma mulher. Por recomendação do Ministério Público Federal as pessoas presas não foram apresentadas à imprensa.

Depois de prestarem depoimentos na Central de Polícia, em João Pessoa, os detidos foram encaminhados para presídios e os PMs para quartéis da Corporação. O Comando Geral da Polícia Militar vai instaurar inquérito administrativo sobre a participação dos nove policiais nos grupos de extermínios. O comandante geral esteve presente à coletiva.

O secretário Gustavo Gominho revelou que a existência de grupos de extermínios no Estado tem pelo menos dez anos. Ainda como delegado da Polícia Federal, antes de assumir a secretaria, ele já tinha alguns informes sobre esta prática criminosa. Quando assumiu a Segurança Pública do Estado em 2009 passou a trabalhar neste caso. As mortes eram encomendas e dentre elas diversas vítimas eram ex-presidiários. 

Números

Pessoas detidas: Siel da Silva Marques, Cristian Dias da Silva, Eliézer Gonçalves de Freitas, Lupércio Filho, José Evangelista da Silva, Gisélia Maria Mendes, Sérgio de Oliveira Carneiro (agente penitenciário), Lecácio Bento dos Santos (cabo da PM), e os sargentos da Polícia Militar da Paraíba Arnóbio Gomes Fernandes, Erivaldo Batista Dias, e Ivan Ribeiro da Silva.  

Mandados de Apreensão e busca: 38
Mandados de prisão: 19
Policiais Militares presos: 9
Policiais que participaram da operação: 222

OPERAÇÃO ÁGUAS LIMPAS – PRESOS POR CUMPRIMENTO DE MANDADO DE PRISÃO
Arnóbio Gomes Fernandes
Sargento PM/PB
Nada apreendido
Erivaldo Batista Dias
Sargento PM/PB
Armas e munição apreendidos
Renilson de Freitas Silva
Cabo PM/PB
R$ 5 mil apreendidos e uma moto Bros preta, uma placa de veículo, 43 munições .40, uma de 9mm, um HT PM, cabeamento de câmeras de vídeo.
Edemar da Silva Souza
Cabo PM/PB
Já estava recolhido
Joselito Lacerda da Silva
Sargento PM/PB
Já estava recolhido
Latércio Bento dos Santos
Cabo PM/PB
 
Ivan Ribeiro da Silva
Sargento PM/PM
 
OPERAÇÃO ÁGUAS LIMPAS – PRESOS EM FLAGRANTE
Antônio Luiz da Silva, conhecido como Negão
Preso em flagrante na Ilha do Bispo, JP
 
Lupércio de Medeiros Filho
Armeiro
Apreendidos com arma e munição
Eliezer Gonçalves Freitas, conhecido como Macarrão
Segurança
Apreendido um celular
Sérgio de Oliveira Carneiro
Agente penitenciário/PB
Duas armas apreendidas
Adriano dos Santos Rocha
Cadeirante
Já estava recolhido
Gisélia Maria Mendes
Esposa do Sgto PM Joselito
Apreendidas armas e munição
Ciel da Silva Marques
 
 
Christian Dias Abílio de Souza, conhecido como Buchudo
 
Apreendidos capuz, jaqueta de agente penitenciário, celular arma e munição
Wagner Batista de Oliveira
 
Apreendidos 08 chips da operadora Claro
Amaurílio Lourenço da Silva
Cabo PM/DF
Apreendidas 50 caixas de munição .40
30 caixas de munição calibre 12, com 25 unidades cada, totalizando 750 unidades
17 munições calibre 12
12 caixas de munição 8mm com 100 unidades cada, totalizando 1200 unidades;
31 caixas de calibre 22 LR Precision CBC, com 50 unidades cada, totalizando 1.550 unidades
192 munições calibre 22 LR Standart
16 munições calibre 22 curto Standart
07 caixas de munição calibre 22, com mil unidades cada, totalizando sete mil munições
11 caixas de munição calibre 32T com 30 unidades cada, totalizando 330 munições
02 estojos com munição calibre 44 com 100 unidades cada, totalizando 200 munições
01 estojo com 90 unidades de munição 9mm
04 caixas com munição calibre 45 com 50 unidades cada, totalizando 200 munições
01 estojo com munição calibre 45, com 47 unidades
109 cartelas de munição calibre 380, com 10 unidades cada, totalizando 1090 munições
36 munições calibre 380 em diversas cartelas
175 cartelas de munição calibre 32 com 10 unidades cada, totalizando 1750 munições
21 munições calibre 32 em diversas cartelas
98 cartelas de munição calibre 38 com 10 unidades cada, totalizando 980 munições
55 munições calibre 38 em diversas cartelas
84 cartelas calibre 25 com 10 unidades cada, totalizando 840 munições
09 munições calibre 25 em diversas cartelas
07 caixas de munição calibre 28 com 25 unidades cada, totalizando 175 munições
01 caixa de munição calibre 24T, com 25 unidades
01 caixa de munição calibre 24T, com 19 unidades
46 munições calibre 40
94 munições calibre 9mm
01 estojo de munição calibre 38, com 50 unidades
02 estojos de munição calibre 380 com 50 unidades cada, totalizando 100 munições
01 estojo de munição calibre 380 com 19 munições
378 munições calibre 357
25 carregadores de pistola
04 pistolas PT 938 Taurus, calibre 380, com carregador
248 munições calibre 45
800 munições calibre 380
300 munições calibre 38
22 munições calibre 762
05 munições calibre 0.30
01 revólver S &W 357 Magnum 32511, aço inox, cabo de madeira
01 pistola PT 58, calibre 380, aço inox
01 revólver Colt calibre 38
05 silenciadores
01 espingarda choke 16.0
02 jet-load para revólver calibre 38
01 revólver calibre 32
44 munições diversas
01 carregador de metralhadora calibre 45

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.