Odon Bezerra recebe apoio de Marcos Caju e nega ser chapa branca

O advogado Odon Bezerra almoçou hoje com o colega Marcos Caju em um restaurante de Tambaú e ficou oficializada a renúncia de Caju e sua consequente aliança em prol da candidatura de oposição. Caju disse que decidiu sair do pleito para evitar a divisão da oposição: "Fiquei preocupado com a divisão da oposição e decidi unir forças com Odon", disse ele, acrescentando que, em caso de vitória, deve ocupar a secretaria geral da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Paraíba.

Em entrevista à Rede Paraíba Sat, Odon Bezerra negou a pecha de candidato do Governo Maranhão III, que começa a circular em emails na internet: "Eu fico rindo dessas insinuações. Essa tese de chapa branca é puro desespero. Sei que há emails circulando com isso, mas eu não estou discutindo questões partidárias. Quero discutir os assuntos da OAB Paraíba. Não vamos perder nosso foco. Queremos uma campanha de alto nível porque a eleição da OAB passa e as amizades ficam", disse.

Ao comentar a adesão de Caju, Odon disse que ele se deu sem a imposição de qualquer condição: "Ele veio para somar e não fez exigência". Já Caju disse que espera ocupar a Secretaria Geral da Ordem em caso de vitória da oposição e provocou o atual presidente da Ordem, José Mário Porto: "Ouvi dizer que ele pode renunciar porque a união das oposições provocou um impacto muito grande na campanha", disse.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.