Odon Bezerra é contra a reeleição e defende alternância de poder

O advogado Odon Bezerra, que encabeça a chapa "Um novo tempo" na eleição da OAB, seccional da Paraíba, disse hoje que não pretende disputar uma reeleição caso venha a ser eleito no próximo dia 28 de novembro, data do pleito para a escolha do presidente da Ordem. “Meu projeto é para governar por apenas um mandato”, declarou Odon durante entrevista concedida ao programa Rede Verdade, exibido pela TV Arapuan.

“Eu defendo um projeto de alternância de poder, conforme orientação do próprio Conselho Federal, que condena que o mandatário seja eleito por mais de um mandato”, ressaltou o advogado Odon Bezerra ao condenar que o presidente da Ordem se perpetue no cargo.

Ele foi provocado para falar sobre o assunto, segundo lembrou um dos apresentadores do programa, que comentou o fato do presidente atual da OAB, José Mário Porto, concorrer no dia 28 de novembro a seu terceiro mandato. José Mário foi eleito para um mandato tampão pelo Conselho Estadual da Ordem, substituindo ao saudoso presidente Arlindo Delgado.

Reelegeu-se na disputa passada contra o advogado Marcus Caju e, agora, tenta o seu terceiro mandato à frente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional da Paraíba.

“Caso eu seja eleito, vou cumprir o mandato de três anos. Não quero, de forma alguma, me perpetuar no cargo. Acho que isso não contribui com a democracia, até porque defendo a alternância de poder. Esse é o meu compromisso com todos os advogados paraibanos”, complementou Odon.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.