Odon Bezerra confirma que será candidato a presidente da OAB-PB

Uma novidade surgiu hoje na corrida pela eleição da Ordem dos Advogados do Brasil seccional Paraíba. O ex-coordenador do Procon, Odon Bezerra, anunciou que é candidato e vai disputar o cargo com o atual presidente José Mário Porto e com o professor Marcos Caju. Odon declarou que resistiu à ideia, mas acabou sendo convencido por um grupo de amigos em uma reunião que começou antes do meio-dia de ontem e terminou pouco antes da meia noite em um restaurante da capital paraibana. A escolha do novo presidente da Ordem se dará no dia 28 de novembro.

Apesar de se inserir no pleito, Odon afirmou que não desistiu de se habilitar na corrida por uma vaga como desembargador do Tribunal de Justiça da Paraíba. Segundo ele, pela pausa dada no processo de indicação pelo Quinto Constitucional, a partir do recurso de Marcos Souto Maior – acatado pelo Pleno, reconhecendo seu direito à aposentadoria e à não declaração momentânea de vacância do cargo – as atenções estarão voltadas para a construção da chapa da OAB e à campanha, para a qual ele já teria obtido diversos apoios.

Odon Bezerra foi o candidato mais votado na última composição do Quinto Constitucional. Ele teve 1.258 votos, contra 1.153 de Joás de Brito Filho, que acabou sendo o escolhido para a vaga pelo então governador Cássio Cunha Lima (PSDB) em outubro de 2007. O episódio gerou mágoa na família Bezerra e o irmão de Odon, Hervázio revelou sua tristeza com o episódio durante uma sessão da Câmara Municipal. Entre as queixas, Hervázio citou que ele e o irmão só foram informados do resultado da análise do governador através do programa de rádio Boa Tarde, Paraíba, em que o chefe do executivo divulgava as ações de Governo.

Na última sexta-feira, Odon Bezerra se filiou ao PSL, partido da base do governador José Maranhão e sua irmã, Ivani Bezerra Cavalcanti Mesquita, foi empossada ontem por Maranhão como secretária-executiva da Casa Civil.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.