OAB vai apurar denúncia de desrespeito a advogados em CG

O presidente em exercício da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Paraíba (OAB-PB), Bruno Veloso, informou hoje que a OAB-PB irá adotar as medidas cabíveis para apurar as denúncias de desrespeito às prerrogativas dos advogados no incidente entre a Polícia Militar, Polícia Federal e advogados das duas coligações políticas, que disputam o Governo do Estado.

O incidente aconteceu na tarde do ultimo sábado (23), na rua Major Belmiro, localizada no bairro de São José, após denúncias de distribuição de dinheiro e cestas básicas por uma das coligações. Bruno Veloso destacou que durante toda à tarde de sábado esteve no local do episódio e deu total assistência aos advogados, inclusive, acompanhando-os até a sede da PF.

“A OAB-PB está adotando todas as medidas legais e cabíveis a defesa das prerrogativas dos advogados”, afirmou o presidente.

O presidente também designou o advogado Rodrigo Reul para acompanhar o caso. Rodrigo explicou que a Ordem está acompanhando os fatos, junto a PF, uma vez que foi instaurado inquérito policial pela instituição para elucidar o incidente. “Após o resultado do inquérito da PF iremos nos posicionar”, destacou.

Os advogados envolvidos no incidente são: Gilberto Aureliano, Robson Carvalho, Diogo Lyra e Gustavo Guimarães.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.