Pastor Estevam

Pastor da Primeira Igreja Batista de João Pessoa. Pscicólogo clínico, escritor, conferencista motivacional. Casado com Dra Aurelineide, e pai de Thayse e André.


O insuportável

Todos precisamos ter nosso limite de tolerância, ele será indispensável nos momentos nos quais somos desafiados a aceitar aquilo que antes nos parecia impossível. Este limite é sempre um revelador da nossa sensibilidade e de nossa habilidade de lidar com o que nos fere, incomoda ou perdemos o controle.

Muitas vezes, tais situações começam no ambiente da família, onde vivemos mais intensamente. Dentro de casa, geralmente, há sempre alguém cuja convivência se constitui num desafio constante para exercitarmos à renúncia e à paciência, sem as quais a experiência da paz se torna impossível.

Para alguns, a tolerância é posta à prova na convivência cotidiana com um vizinho perturbador e inconveniente. Para outros, este desafio dá-se no âmbito do trabalho e na convivência com pessoas indesejáveis. Geralmente, são pessoas que exalam veneno por debaixo da capa de bons amigos e de boa fala. Conviver com pessoas assim, suportando-as, é um desafio à nossa sensibilidade afetiva e social.

O insuportável pode apresentar-se também através de uma enfermidade aparentemente incurável, numa limitação física, diante da perda de prestígio, de status social ou de poder aquisitivo. Tais situações podem gerar em nós a sensação de incapacidade e de sofrimento. Perguntamos a nós mesmos: Como vou conviver com isso? Como poderei carregar uma cruz tão pesada? O insuportável desafia a nossa capacidade de luta e de resiliência.

Só existe uma força capaz de nos fazer suportar o insuportável: a força da fé. Provavelmente, ao longo da vida, todos teremos de enfrentar situações diante das quais nossos corações estarão inquietos e nossa alma angustiada. Às vezes, de repente, tudo muda ao nosso redor, e o inesperado altera nosso estado de humor e frustra nossas expectativas. Então, será preciso buscar na fé a força para superação. Está certa a premissa bíblica: “Tudo posso naquele que me fortalece”.

Precisamos crer que Deus está no controle da nossa vida, ainda que não percebamos. Ele age, inclusive, quando estamos vivendo no limite de nossas forças e da nossa capacidade de suportar as adversidades. Confiemos no poder do Altíssimo!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.