Dom Manoel Delson

Dom Manoel Delson cursou Filosofia e Teologia em Nova Veneza (SP) e no Instituto de Teologia da Universidade Católica de Salvador (BA). É licenciado em Letras e tem Mestrado em Ciência da Comunicação Social, em Roma, na Pontifícia Universidade Salesiana. É Arcebispo da Paraíba.


O Amor manifestou-Se através da espera!

Neste tempo natalício, voltamos a meditar sobre o grande Mistério de Deus que desceu das alturas dos céus para estar na nossa carne. No Menino de Belém, Deus encarnou-se, tomou a forma dos homens e assim abriu-nos o futuro do Céu. E ainda neste cenário do Natal, aparece a mensagem da Epifania do Senhor, Sua manifestação para todos os povos. Os Magos do Oriente foram guiados pela estrela, e chegaram até o recém-nascido, pobre e indefeso, para adorá-Lo: seguiram a estrela e assim chegaram a Jesus, à grande Luz que, vindo ao mundo, ilumina todo o homem (cf. Jo 1, 9). Aqueles representam o mundo dos diversos povos espalhados, lembrando-nos sobre a missão da Igreja, que é a de levar a mensagem da salvação aos homens de todos os séculos.

Vivemos em sociedades que, a todo custo, encantam-se com mensagens desproporcionais, facilmente somos movidos a inverter os valores. Mensagens que fogem da vida ordinária do amor simples. E neste encontra-se a essência de quem busca o Senhor. Os Reis Magos trilharam a procissão de suas vidas movidos pelo amor, seus corações almejam a fecundidade do amor que jazia na “fragilidade” Daquela criança, fruto da promessa histórica do amor de Deus para nós.

Quem eram os Magos do Oriente? Eram homens que partiram para o desconhecido, não sabiam o que iriam encontrar concretamente. Homens de coração inquieto, que deixaram-se mover pela busca de Deus. A espera marcou a inquietude desses reis, e aqui podemos aprender muito com eles, quando cultivamos o amor, aprendemos a esperar. O início do novo ano cívico traz consigo grandes desejos de mudanças, sonhamos com a realização de projetos pessoais. Contudo, tudo isto, só se torna viável se acompanhado da busca da realidade maior: Deus no centro de nossas vidas.

O ano que começa consagrou-se à Nossa Senhora, pois com Ela, queremos aprender a esperar, e mesmo sabendo que Deus já se manifestou em Seu Filho na manjedoura de Belém, o amor nos educa na escola do tempo. Assim como os Magos do Oriente, bem mais perfeitamente a Virgem Maria, buscou e encontrou o Senhor. Podemos imaginar o tamanho da expectativa que povoou o coração de Maria, mas basta que saibamos que sua espera fora preenchida unicamente pelo movimento de fazer a Vontade de Deus. Ela gerou o Senhor em seu ventre, e nos deu a feliz oportunidade de contemplá-Lo e manifestá-Lo ao mundo e aos tempos futuros.

 

O Amor manifestou-Se através da espera!

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.