Novo presidente da Abap-PB vai lutar contra ‘agências axilares’

O presidente da Associação Brasileira de Agências de Publicidade na Paraíba (Abap-PB), Lucas Sales, disse que uma de suas metas à frente da entidade é lutar contra o que chamou de "agências axilares". Ele se refere ao tipo de profissional informal que carrega uma pasta com informações sobre o setor de publicidade embaixo do braço e sai de porta em porta procurando clientes e oferecendo seus serviços.

"Não se pode ter uma ‘agência axilar’ e prestar um serviço de qualidade. Essas pessoas não acompanham as técnicas que surgem no mercado e nem as expectativas do consumidor", declarou Lucas.

Ele também apontou deficiências em relação às empresas que optam por criar house organs ao invés de contratarem agências de publicidade: "A independência faz toda a diferença na hora de escolher uma campanha. Em uma house, os servidores têm receio de desagradar o chefe porque dele dependem seus empregos. Muitas vezes, aprovam estratégias que não consideram as melhores para não ir de encontro ao patrão. Uma agência é independente e vai dizer o que pensa, orientando sobre melhores caminhos, sem constrangimento".

A posse de Lucas Salles aconteceu na última segunda-feira, às 18 horas, no Solar do Conselheiro. Ele foi eleito para uma gestão de dois anos à frente da Associação, que tem Max Leal (Três Comunicação) como secretário, e Jurandir Miranda (Mix), na função de tesoureiro. Lucas já adiantou que não será candidato à reeleição porque acredita que é preciso alternância de poder.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.