Nova gestão é empossada no Sebrae da Paraíba

O Conselho Deliberativo do Sebrae/PB empossou na manhã de hoje os dirigentes que assumem o primeiro mandato de quatro anos da entidade, o quadriênio 2011/2014. A nova diretoria executiva é formada pelo superintendente Júlio Rafael, o diretor técnico Luiz Alberto Amorim e o diretor administrativo Ricardo Madruga.
 
Além da diretoria, foi também reempossado o presidente do Conselho, também presidente estadual do Sistema Senar/Faepa, Mário Borba. A posse formal foi necessária de imediato para que a diretoria executiva eleita e o próprio presidente do CDE possam exercer administrativamente todos os atos necessários à atuação do órgão.
 
Os desafios na nova gestão do Sebrae/PB, que terá um orçamento de R$ 37 milhões em 2011, passam pela ampliação da formalização do Empreendedor Individual no interior, elevação da capacitação gerencial e da inovação das micro e pequenas empresas e ainda pela aplicação da Lei Geral do segmento em nível municipal. Só em 2010, cerca de 11.200 negócios foram legalizados pelo Empreendedor Individual, mas apenas 83 dos 223 municípios regulamentaram a Lei Geral.   
 
 “Precisamos mais do que nunca estar coesos em nossos planos de trabalho, pois a Paraíba depende da força da micro e pequena empresa para conquistar seu desenvolvimento sustentável”, destacou Mário Borba, desejando uma gestão mais eficiente para a instituição.
 
O superintendente Júlio Rafael agradeceu a confiança do Conselho e anunciou para 31 de janeiro uma solenidade pública de posse que coincida com a entrega da nova sede da instituição, localizada no Bairro do Estados, que passa por uma ampla reforma.  
 
Tomaram posse ainda hoje o conselho fiscal, formado por representantes dos bancos oficiais: Francisco Alves dos Santos (BB), Nelson Santiago Filho (CEF) e Sílvio Marcos Lima de Carvalho (BNB); que têm o papel de apoiar o Conselho Deliberativo na aprovação das principais diretrizes do órgão.
 
O Sebrae/PB é uma instituição de caráter privado, porém sem fins lucrativos, que tem por missão promover a competitividade das micro e pequenas empresas.  Possui agências em nove cidades do Estado, mas seus projetos de desenvolvimento territorial alcançam a maioria dos municípios paraibanos.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.