Ney anuncia desfiliação do PMDB e anuncia novo partido até sexta

O ex-senador Ney Suassuna comunicou ontem ao primeiro vice-presidente da Comissão Executiva Estadual do PMDB, Haroldo Coutinho de Lucena, que não mais permanecerá no partido. Ele alegou “não sentir segurança no apoio à sua eventual candidatura ao Senado nas eleições do próximo ano”.
 
Ney voltou a lamentar o fato de ter que deixar o partido, ao qual se dedicou durante toda a sua vida pública. Porém, disse ter sido a melhor decisão política a ser tomada neste momento, diante da atual realidade política paraibana.
 
Ao mesmo tempo, Ney Suassuna afirmou que deverá decidir sobre sua nova opção partidária até esta sexta-feira, dia 2, quando estará em João Pessoa fazendo um comunicado oficial à imprensa. “Recebemos convites de várias legendas, dentre elas, o PP e o PTB, o que muito nos gratifica. Mas estou estudando e até a sexta-feira decidirei por qual partido devo me candidatar no ano que vem, a Senador ou a outro cargo majoritário”, disse Ney.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.