Na Paraíba, José Eduardo Dutra reafirma aliança com PMDB de Maranhão

O presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra, que é coordenador nacional da campanha presidencial de Dilma Rousseff (PT) desembarcou hoje à tarde em João Pessoa e reafirmou seu apoio a José Maranhão (PMDB) e Rodrigo Soares (PT). Dutra lembrou que o PT paraibano é aliado de José Maranhão desde 2002 e que desde a eleição de 2006 ocupa a vaga de vice-governador na chapa majoritária encabeçada pelo PMDB. “O PT já é governo e já ocupa o cargo de vice-governador. E repetimos esta aliança agora em 2010 para mantermos os espaços que já conquistamos”, enfatizou o dirigente petista, que nesta sexta participa de eventos de campanha em João Pessoa e em Campina Grande.

Dutra refutou as insinuações de que Dilma e o presidente Luiz Inácio Lula da Silva estariam em dois palanques na Paraíba. “Dilma e Lula só têm um candidato no Estado, que é o atual governador José Maranhão. Isto já está definido desde a convenção do PT paraibano, quando confirmamos Rodrigo Soares como o candidato a vice-governador”, destaca.

O governador José Maranhão destacou a influência de José Eduardo Dutra e lembrou o fato do PT estar na chapa do PMDB desde o início do processo eleitoral. Para ele, nunca existiu dúvidas do apoio de Dilma e de Lula a sua candidatura. “Dutra não veio hoje para declarar apoio a nossa candidatura. Isto já está definido há vários meses. Ele veio ao Estado para usar a sua influência como presidente do PT para dar uma força extra ao nosso projeto eleitoral”, concluiu.

Já ao ser questionado sobre o fato do segundo colocado nas disputas estaduais também pedir voto a Dilma, ele usa do bom humor. “Não somos de recusar votos. Qualquer pessoa pode votar em Dilma se quiser. Até mesmo o tucano José Serra, se decidir rever sua posição e desistir de sua candidatura. Mas temos nossos aliados e na Paraíba ele se chama José Maranhão”, repete.

Sobre Dilma e Lula ainda não terem vindo à Paraíba, Dutra negou qualquer tipo de descaso e culpou unicamente as dificuldades em cobrir todo o território de um país continental como o Brasil. Mas, ponderou que até o final da campanha ainda vai tentar encontrar brechas na agenda da candidata e do presidente. “São muitos os estados brasileiros que eles ainda não visitaram. Mas vamos tentar fazer isto até o final da campanha”, resumiu.

Por fim, o presidente do PT falou da importância de se eleger os demais integrantes da chapa situacionista: “Precisamos também fortalecer as candidaturas de Vital Filho e Wilson Santiago (ambos do PMDB), que disputam vagas no Senado, e de nossos candidatos proporcionais, para assim ajudar na governabilidade de Dilma e Maranhão”.

Ao lado de Dutra, o deputado estadual Rodrigo Soares destacou a necessidade de intensificar a campanha nestas últimas semanas antes do primeiro turno e disse que os militantes do PT vão às ruas levar as ideias de Dilma e de José Maranhão. “As pesquisas nos mostram com uma larga vantagem, mas não podemos relaxar. Temos que intensificar a campanha até o último dia”, frisou.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.