MPF e SaferNet promovem oficinas sobre segurança na internet

O Ministério Público Federal (MPF) e a SaferNet Brasil promovem nos dias 15 e 16 de setembro, em João Pessoa, um evento que trará oficinas sobre o uso responsável e seguro da internet. As oficinas são voltadas para educadores e alunos de escolas públicas e privadas.

Na ocasião serão trabalhados temas como potenciais da internet no Brasil e no mundo, dimensão pública da internet e cibercidadania, perigos e crimes na internet, dicas para se manter seguro e o que fazer em casos de incidentes.

Conforme o procurador da República Rodolfo Alves Silva, representante do MPF na coordenação do evento, “a intenção é que os educadores participantes retornem às salas de aula conhecendo bem os materiais que lhes serão distribuídos, para que atuem como agentes multiplicadores junto aos demais profissionais de cada centro educacional, com o objetivo de que todos aqueles capacitados possam realizar atividades com seus alunos”. A ideia de promover o evento da Safernet na capital surgiu durante a participação do procurador em congresso promovido pela embaixada dos Estados Unidos e Escola Superior do Ministério Público da União, em junho, em Recife (PE).

Segundo o psicólogo e diretor de prevenção da SaferNet, Rodrigo Nejm, o uso da internet pelas crianças e adolescentes precisa ser estimulado através de ações efetivas de orientação e acompanhamento de pais e educadores. “Sabemos que a internet é uma ferramenta fantástica que pode contribuir com o desenvolvimento cognitivo, social e emocional de nossas crianças. Porém, como toda tecnologia que se propõe a aproximar pessoas, também pode colocar em risco a segurança e a saúde de crianças, jovens e adultos, quando não orientados sobre o uso ético e responsável da rede”, alertou.

As escolas participantes ganharão um kit com cartazes, cartilhas SaferDic@s, CD-ROOM com animações, fichas pedagógicas, quadrinhos educativos, glossário e tutoriais.

Pesquisa com alunos e educadores
 

Já foram realizados contatos com a Secretaria Estadual de Educação e a Secretaria de Educação de João Pessoa. “Como etapa preliminar do evento será realizada uma pesquisa online com os alunos e educadores para identificar o perfil de acesso destes à internet, de modo a servir de base para desenvolvimento dos trabalhos de  capacitação dos educadores”, explicou o procurador Rodolfo Silva. A pesquisa é voltada para alunos e educadores do ensino fundamental e médio. O link para a pesquisa é www.safernet.org.br/pb.

Safernet no Brasil

A SaferNet Brasil é uma associação civil sem fins lucrativos e econômicos, sem vinculação político-partidária, religiosa ou racial, fundada em 20 de dezembro de 2005, por um grupo formado por cientistas da computação, professores universitários, pesquisadores e bacharéis em Direito.

A SaferNet Brasil criou e mantém a Central Nacional de Denúncias de Crimes Cibernéticos (www.denunciar.org.br) que, desde 29 de março de 2006, é operada em parceria com o MPF.

Em novembro de 2008, assinou termo de cooperação com a Polícia Federal e com a Secretaria Especial de Direitos Humanos (SEDH) para fortalecer as ações de combate aos cibercrimes contra os Direitos Humanos e integrar a Central com o Disque 100. 

Esta Central oferece o serviço gratuito e anônimo de recebimento, processamento, encaminhamento e acompanhamento online de denúncias anônimas sobre qualquer crime ou violação aos Direitos Humanos praticado por meio da Internet.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.