MPF denuncia Glenn Greenwald e mais seis por invasão hacker

O Ministério Público Federal (MPF) em Brasília denunciou nesta terça-feira (21) o jornalista Glenn Greenwald e outros seis envolvidos no ataque hacker contra centenas de autoridades.

A informação foi publicada ainda há pouco pela revista eletrônica Crusoé.

Segundo a denúncia, Greenwald “auxiliou, incentivou e orientou, de maneira direta, o grupo criminoso”.

As conversas que foram obtidas pelos denunciados foram publicadas no site The Intercept, pela Vaza Jato.

Vaza Jato é o termo pelo qual ficou conhecido, na imprensa brasileira, o vazamento de conversas, realizadas através do aplicativo Telegram, entre o ex-juiz Sérgio Moro e o promotor Deltan Dallagnol, além de outros integrantes da força-tarefa da Operação Lava Jato.

Comentários