Morre no HU idosa internada com raiva humana

Faleceu no final da tarde de ontem (13), no Hospital Universitário Lauro Wanderley (HULW), em João Pessoa, a idosa, de 68 anos, que contraiu raiva humana após ter sido mordida na mão por uma raposa.

A mulher, segundo a assessoria do HU, estava internada desde junho, após ser transferida de um hospital de Catolé do Rocha.

A idosa, inclusive, teve a mão amputada. Ela estava na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em estado grave e acabou não resistindo.

A mulher foi mordida pela raposa na cidade de Riacho dos Cavalos no início de abril. No dia seguinte ela atendida em uma Unidade Básica de Saúde da cidade. No dia 10 de junho ela foi para o hospital de Catolé do Rocha, de onde foi encaminhada para o HU de João Pessoa, referência no tratamento da doença.

O estado não apresentava casos da doença há cinco anos, segundo a Secretaria de Saúde do Estado (SES).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.