Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Ministro Paulo Bernardo tem carteira de motorista suspensa

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, está na lista de condutores que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa por multas de trânsito e ainda não entregaram o documento ao Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). A lista pode ser consultada no site da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SESP) do estado.

De acordo com o jornal “Gazeta do Povo”, o ministro recebeu 21 multas de trânsito entre 2002 e 2009 e está recorrendo de oito delas no Cetran (Conselho Estadual de Trânsito). As infrações somam 96 pontos, a maioria delas por transitar em velocidade superior à máxima permitida. O limite para a habilitação ser suspensa é de 20 pontos.

Segundo a assessoria do ministro, ele foi notificado da suspensão da carteira no dia 9 de junho e tinha prazo até o dia 20 para devolver o documento, o que foi feito na última segunda-feira (15).

Por meio da assessoria, Paulo Bernardo também disse ter recebido as orientações para reabilitar o documento e que deve passar por curso de reciclagem assim que sua agenda permitir. Até lá, não deve dirigir.

 Ainda segundo a assessoria, o ministro informou que a maioria das multas foi por excesso de velocidade e por falar ao telefone celular enquanto dirigia. Bernardo, diz a assessoria, está recorrendo apenas de duas infrações porque, nos dias informados, estaria em Brasília.

Deputados – Levantamento feito pelo diário paranaense também revela que três dos 30 deputados federais do estado estão com o documento suspenso por excesso de multas.

A consulta à lista de motoristas infratores do Paraná está no ar desde a semana passada e é parte de uma nova política anunciada pelo Secretaria de Segurança Pública do estado de incentivar os cidadãos a ajudarem a fiscalização.

Desde 28 de maio, os condutores que não devolverem a habilitação suspensa correm o risco de serem presos.

As medidas foram anunciadas após o acidente com o ex-deputado estadual Fernando Ribas Carli Filho, que matou dois jovens, em Curitiba. A carteira de habilitação do deputado, que também estava suspensa, tinha mais de 130 pontos em infrações.

G1

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Arthur Urso leva “esposas” para passear sem roupa íntima na orla de João Pessoa

Professores da UFPB desistem de candidatura e apoiam Terezinha e Mônica

Anteriores

f6e0316c-7fcf-455c-97a6-45997afb091b

Relatório de Efraim à PEC que criminaliza o porte de drogas é aprovado no Senado

camaradiasdavila

Vereadores de município baiano aprovam reajuste de R$ 0,46 para professores

chuvasjp (2)

João Pessoa tem média de 29 mm de chuvas em 24 horas, mas sem ocorrências graves

alpbabre (1)

ALPB garante acompanhantes para mulheres em procedimentos médicos com sedação

odonecico

Sancionada Lei que proíbe fogos de artifício com estampido em João Pessoa

1713220734661dac7e30ef1_1713220734_3x2_lg

Unimed manda cancelar plano de saúde de idosa de 102 anos

alph-ufpb (1)

Caso Alph: Ex-namorada é julgada pela morte de estudante da UFPB

Unimed JP 1

Unimed JP abre seleção para médicos atuarem em unidade de serviço domiciliar

Gervásio Maia, deputadoo

Projeto de Gervásio quer garantir fornecimento gratuito de repelentes para inscritos no CadÚnico

Vitor Hugo e Wallber Virgolino

Vitor Hugo diz que se Wallber entrar em bairro de Cabedelo será metralhado; deputado reage