Ministro e Secretário da República participam de plenária na capital

O Ministro interino da Secretaria-Geral da Presidência da República, Diogo Sant´ana e o assessor especial da Secretaria Geral da Presidência da República, José Feijó desembarcam em João Pessoa nesta sexta-feira (26) para a instalação do programa “Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Indústria da Construção”.  O objetivo da iniciativa é proporcionar e aprimorar as condições de trabalho nos canteiros de obras no estado. A implementação do programa conta a integração de três setores, as empresas de construção, os sindicatos e o governo federal. Como prioridades estão, a formação e qualificação profissional; saúde do trabalhador; sindicalismo e trabalhadores com as relações na comunidade.  
 
O programa “Compromisso Nacional para Aperfeiçoar as Condições de Trabalho na Indústria da Construção” já beneficia 150 mil trabalhadores em todo o país. Segundo dados de uma pesquisa elaborada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do estado de São Paulo (Sinduscon-SP), em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o nível de emprego na construção civil brasileira cresceu 0,88% em fevereiro e gerou 30,8 mil novas vagas. Ao todo, o mercado da construção civil no Brasil calcula cerca de três milhões de trabalhadores, atuando em áreas de mestre de obras, pedreiro, auxiliar de obra, engenheiros e áreas afins. Este é o maior número de trabalhadores que o país já teve nos últimos anos.
 
O ministro visitará o canteiro de obras da construtora MRV em João Pessoa,às 15 horas. Já o secretário participará de uma reunião com dirigentes sindicais CUTistas no Sintricom. 
 
Em todo o Brasil, empresas de grande porte como a MRV, Odebrech e Camargo Correia já aderiram ao compromisso que vem transformando as relações de trabalho nos canteiros de obras. 
 
Logo depois, o ministro e o secretário seguem para a Plenária Sindical e Popular no Sindicato Intermunicipal dos Trabalhadores nas Indústrias, da Construção Pesada e do Mobiliário (Sintricom).
 
Plenária – Com a crise financeira internacional que surpreendeu o mundo em 2008 muitos países mergulharam em uma profunda recessão, o contrário aconteceu com os países em desenvolvimento. Esse é o caso do Brasil. Os planos de ampliação de crescimento econômico e social consolidaram programas de acesso ao financiamento com a expansão do crédito para a habitação por meio do “Minha Casa, minha Vida. O aumento dos recursos para o Plano de Aceleramento do Crescimento (PAC)  e a desoneração tributária de alguns materiais de construção somaram elementos suficientes para mover o ciclo de desenvolvimento no país.
 
Para ampliar o debate em torno dos programas de desenvolvimento que o Brasil vem implementando ao longo dos últimos anos será realizada nesta sexta-feira (26), às 17:30 no Sindicato Intermnunicipal dos Trabalhadores nas Indústrias, da Construção Pesada e do Mobiliário (Sintricom) em João Pessoa, vizinho a Central de Polícia. O evento tem como objetivo avaliar o crescimento dos programas de desenvolvimento de infraestrutura no país.  
 
Ao todo são esperados cerca de 300 participantes entre eles: lideranças sindicais, militantes sociais, autoridades políticas e a sociedade em geral com a participação também da Coordenação do Movimento Nacional de Moradia.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.