Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Ministro admite atraso no Eixo Norte, mas dá prazo para chegada das águas

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho refutou hoje, durante debate promovido pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) do Senado Federal, as informações que as obras do Eixo Norte estão paradas, reconheceu que o Consórcio Emsa – Siton, habilitado para concluir os trabalhos restantes das obras do Eixo Norte da Transposição, não tem cumprido com os prazos acordados, mas reiterou que o Ministério está atento a isso, cobrando sistematicamente celeridade e preferindo manter o contrato atual estudando, inclusive, se faz uma agregação ou fusão para permitir um reforço a fim de viabilizar que a obra tenha sua plena funcionalidade mais breve possível.

“Estamos trabalhando para não mais ter uma ruptura de contrato o que necessitaria de uma nova licitação, desmobilização de canteiro, verificação de remanescentes de contrato, nova mobilização e isso comprometeria o cronograma de forma muito mais grave. Eu aposto na tese que nós temos que fazer a gestão presencial do Ministério, avançar nas cobranças, assegurar que não haja qualquer dificuldade de liquidação das faturas e exigir mais celeridade da empresa para que a obra seja concluída”, destacou o ministro. Segundo ele, dois mil homens estão atuando nas obras do Eixo Norte. Ainda de acordo com o ministro, a estação de bombeamento número 3 estará concluída e em plena funcionalidade até o final de abril, as águas chegarão ao reservatório de Jati, no Ceará, até o final de junho deste ano, e a partir daí ao Caminho das Águas, inicialmente, ao estado da Paraíba e, posteriormente, em Pernambuco.

Um dos participantes do debate, o deputado estadual Jeová Campos, avaliou como muito positivo e esclarecedor o evento realizado nesta terça-feira. “Primeiro precisamos reconhecer o empenho, competência e sinceridade do ministro que em nenhum momento deixou de reconhecer as dificuldades do consórcio em cumprir os prazos, o cronograma da obra está realmente muito atrasado, uma vez que as águas só chegarão a Jati no final de junho e assim seguir a captação do cinturão das águas em direção a Fortaleza e também a liberação das aguas para várias barragens que serão cheias, mas a avaliação que eu faço é que foi um importante encontro, o ministro tem demonstrado dedicação ao tema das águas, conhece o projeto a fundo e com riqueza de detalhes, mas lamentavelmente existiu mais essa pedra no meio do caminho que foi esse consórcio que está demonstrado incapacidade econômica para realizar a obra”, destacou Jeová.

Ainda segundo o parlamentar paraibano, o mais importante do debate foi constatar que os obstáculos estão sendo superados. “Provavelmente, pelas informações aqui colhidas, lá pelo mês de outubro teremos a chegada das águas da transposição na barragem de Morros/Boa Vista, ou seja, mais uns cinco meses para frente do que estava, inicialmente, previsto, mas, o importante é que as águas chegarão à Paraíba e ao Rio Grande do Norte”, disse Jeová, agradecendo o convite da senadora Fátima Bezerra, presidente da CDR, para participar do debate. “Essa temática tem uma sintonia muito grande com o nosso mandato, que tem na luta para que as águas da Transposição cheguem e, efetivamente, melhorem a qualidade devida dos nordestinos uma de suas principais defesas”, finalizou Jeová.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

joaobelga

Paraíba terá Centro de Distribuição e fábrica de esquadrias de PVC de empresa da Bélgica

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto; veja

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG