Ministério Público aceita representação de Couto contra Paraíba Unida

O procurador eleitoral auxiliar Rodolfo Alves Silva emitiu um parecer favorável à representação encaminhada pelo deputado federal Luiz Couto (PT) contra a Coligação Paraíba Unida II por causa da alteração feita em seu guia eleitoral da televisão. O procurador entendeu que ficou comprovada a alteração indevida do conteúdo produzido pelo candidato à reeleição nos dias 17, 19, 21 e 24 de agosto e o tratamento desigual dispensado a Couto e a outros candidatos da mesma coligação.

Rodolfo Alves declara ainda em seu parecer que deve ser garantida a veiculação da propaganda eleitoral produzida pelo próprio candidato, sem qualquer modificação, alteração ou inserção da parte do partido, da coligação ou mesmo da empresa responsável pela produção do programa partidário da Coligação Representada.}

A representação assinada pelo advogad Edward Johnson, representante jurídico de Luiz Couto, se deveu ao fato de Luiz Couto ter produzido seu guia eleitoral sem qualquer referência ao candidato ao governo do Estado, José Maranhão, mas o programa foi ao ar com a imagem do peemedebista.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.