Milanez repreende ironia de Agra com bancada de oposição

O vereador Fernando Milanez (PMDB), líder de oposição na Câmara de João Pessoa, não ficou muito satisfeito ao ler declarações recentes do prefeito da capital, Luciano Agra (PSB), comentando a saída dos adversários das comissões temáticas do legislativo municipal. É que o gestor chegou a ironizar a situação e disse que se preocupava com a manutenção do bloco adversário.

Milanez disse que Agra exagerou ao ironizar as dificuldades da oposição, que deixou as comissões alegando ter sido "tratorada" pela maioria governista que teria aprovado um projeto, o de criação do Sistema de Áreas Protegidas, sem a devida tramitação na Comissão de Meio Ambiente.

– O prefeito tem mais questões com as quais se preocupar que com a oposição. Foi essa oposição que levantou denúncias seríssimas sobre a fazenda Cuiá, o Aeroclube, a merenda, a empresa registrada em nome de um gari da Emlur… Não há gesto da oposição que não seja calcado em fatos graves. O prefeito precisa respeitar mais a Câmara. Se não quiser respeitar os vereadores, respeite a instituição. Ele não nos ofende. Ele sabe que não vai terminar com 15. Um aliado mesmo já disse que só tem oito. Nós temos cinco e esse número é garantido e ele, apesar dos esforços, não vai tirar nenhum de nós, apesar de toda a pressão que sofremos.

A estimativa de que o bloco governista só tem oito membros foi feita pelo vereador Sérgio da SAC (PRP). Ele disse que o grupo independente, capitaneado por Geraldo Amorim (PDT) tem sete integrantes.

– O prefeito pensa quevai ganhar a eleição na base da falsa publicidade. Ele tem muitos problemas para administrar. Tem que deixar a oposição pequenininha trabalhar.

 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.