Milanez reage a historiador e o aconselha a frequentar a Câmara

O vereador Fernando Milanez (PMDB) dedicou seu discurso de hoje na Câmara Municipal a comentar um artigo no qual o historiador José Octávio de Arruda Melo critica a atuação do legislativo municipal. Para ele, a atuação dos vereadores é simulada. Milanez disse lamentar o entendimento de Melo e acrescentou: "Ele foi injusto e rude. Nunca vi um crítico vir à Câmara e nenhum historiador jamais sugeriu qualquer coisa à LDO, por exemplo".

Em seu discurso, o vereador peemedebista acrescentou ter conversado com José Octávio, a poucos dias, por três horas a respeito de assuntos relativos ao Centro Histórico de João Pessoa e estranhou o tom duro do historiador sobre o legislativo: "A Câmara está muito à frente dos outros poderes. Os críticos cobram, mas não participam do dia a dia do poder".

O artigo de Melo também motivou uma queixa do líder do Governo na Casa: "O historiador deveria perceber o quanto foi produzido pela Câmara nos últimos anos. Nós criamos o Plano Diretor da cidade, aprovamos o Código Tributário e votamos a LDO com mais de 800 emendas. A Câmara tem muito mais força hoje porque a Saúde, a Educação e o Trânsito são municipalizados", acrescentou Tavinho Santos (PTB).

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.