Milanez diz que se houver boicote na oposição ele recorre ao MP

O vereador Fernando Milanez (PMDB), foi escolhido para ser o líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa. Ele comentou a escolha e disse que a partir de agora a oposição vai trabalhar para se manter unida no propósito de informar a população sobre os assunto relacionados a Câmara. A vereadora Eliza Virgínia (PSDB) será a vice-líder.

– Na reunião os seis componentes da bancada decidiram que eu deveria ser o líder das oposições e que a vereadora Eliza Virginia ficaria como a vice-líder. A mesa foi composta pelos vereadores Marcos Vinicius (PSDB), Tavinho Santos (PTB), Felipe Leitão (PRP), Mangueira (PMDB), e amanhã esperamos contar com o vereador Luiz Flávio (PSDB). Mas não importa a quantidade, o que importa é o que nós nos propusermos a fazer. Vamos fazer unidade e trabalhar essa unidade com responsabilidade, sem calúnia e sem ataque, fazendo uma oposição propositiva e levando ao conhecimento da população de João Pessoa, fatos, que nós já temos em mãos que vamos tentar que seja discutido aqui na Câmara.

Sobre os comentários de que os vereadores Felipe Leitão e Mangueira estão mantendo diálogo com a base de Luciano Agra, Milanez afirma que eles são livres e que respeita a decisão de qualquer um dos dois.

– Nós respeitamos qualquer atitude de qualquer companheiro, cada um siga seu destino. Os dois reiteraram e assinaram um documento e os passos que daremos a partir de amanhã serão integrados, não só de um, mas de seis ou sete. A partir de amanhã contaremos com sete assinaturas, mas se as sete não aparecerem, não tem problema, nós saberemos que alguém boicotou, mas aqueles que pensarem em boicotar a oposição nós vamos recorrer ao Ministério Público Federal. Estamos começando com seis, mas até o natal teremos mais de dez.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.