Milanez critica Campos e diz que Ricardo que entregar soberania do Estado

O vereador licenciado, Fernando Milanez (PMDB) fez duras críticas ao governador reeleito do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), que ao apoiar a candidatura de Ricardo Coutinho estaria tentando "interferir nas questões do Estado da Paraíba".  Em entrevista a imprensa hoje, Milanez disse que é preciso barrar essa ingerência que Campos tenta fazer no Estado por conta do seu apoio logístico e financeiro à candidatura do PSB.

 “A Paraíba precisa dar um grito de alerta à população de que o Estado tem governo e a Paraíba tem muito presente a sua história. Pernambuco não tem conosco vínculos históricos, aliás, andou por muito tempo na contramão em relação à Paraíba. Quem não sabe que foi lá que em 1930 tombou o presidente do Estado. Portanto, o Eduardo Campos não pode querer interferir nos problemas institucionais da Paraíba a exemplo do veto ao Porto de Águas Profundas e ao fazer isso, Campos está querendo proteger o Porto de Suape”, explicou.

Milanez criticou ainda a vinda do governador de Pernambuco ao Sertão paraibano para pedir voto para um candidato que tem como vice-governador um filiado do PSDB, Rômulo Gouveia e um democrata, Efraim Moraes, que mesmo não tendo sido eleito, está também no apoio e no mesmo palanque onde estão pedindo votos para a candidata do PT, Dilma Rousseff e para o candidato tucano, José Serra.

“Além de vir prestigiar os maiores inimigos do presidente Lula e da ministra Dilma ainda se dá ao deleite de entrar na economia interna do Estado. A Paraíba tem um governo instalado com um homem de moral ilibada, de história bem mais limpa que a do governador Eduardo Campos. Então nós não vamos aceitar essa ingerência”, argumentou.

Segundo Milanez, tem que se dar um basta nas intenções de Eduardo Campos que não só quer apoiar a candidatura de Ricardo como ter o apoio para a candidatura de presidente da República “passando a perna” em Dilma Rousseff mais na frente. “Que ele vá cuidar do Estado dele porque a Paraíba não é galinheiro de Pernambuco,” disse.

Milanez disse ainda que  é chegada a hora dos petistas saberem quem são os aliados de primeira hora, ou seja, dos que estão com Dilma Rousseff para acabar com essa dubiedade que existe na candidatura do adversário. “Os problemas pessoais estão se sobrepondo ao objetivo maior que é o de eleger José Maranhão e Dilma conforme o compromisso afirmado com o presidente Lula”, ressaltou.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.