Milanez apresenta voto de solidariedade a Weick e Edmílson

Por causa de um voto de solidariedade proposto pelo vereador Fernando Milanez (PMDB), a sessão de hoje se tornou em um sem número de elogios a dois personagens que dominaram as manchetes da imprensa nos últimos dias: o advogado Marcelo Weick e o atual secretário de Desenvolvimento Social da Prefeitura, Edmílson Soares. A proposta de Milanez foi subscrita por todos os vereadores pessoenses, que se revezaram em apartes para lamentar que o noticiário paraibano tenha dedicado espaços para as acusações contra Weick e Soares.

"A imprensa poderá testemunhar, no dia de hoje, a demonstração de maturidade da Câmara Municipal de João Pessoa. Apesar de muitos vereadores estarem em campos opostos a Edmílson Soares e Marcelo Weick, temos a hombridade de não permitir que se joguem na sarjeta as histórias e os nomes desses dois homens públicos", disse Milanez.

Bruno Farias, Ubiratan Pereira, Zezinho Botafogo, Pastor Edmílson, João dos Santos, Sandra Marrocos e Benilton Lucena também elogiaram os destinatários do voto de solidariedade. Sandra chegou a criticar o fato de a aprovação das contas da Emlur, na gestão de Laura Farias, não ter sido noticiado com destaque semelhante à reprovação dos balancetes de Edmílson. Já Bruno Farias lembrou a aprovação popular referendada pelo voto ao vereador do PSB: "Ele é um campeão de votos e de relacionamento humano", resumiu.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.