Milanez afirma que aliados temem pela integridade física de Maranhão

O vereador licenciado Fernando Milanez (PMDB) afirmou hoje que os aliados do projeto de reeleição ao governo do Estado da Paraíba, José Maranhão (PMDB) temem pela integridade física do candidato. Segundo ele, o nível elevado de acirramentos com que vem se processando nesta reta final de campanha do segundo turno na Paraíba tem deixado preocupados os aliados da Coligação Paraíba Unida. O vereador licenciado Fernando Milanez faz um alerta e disse que o Estado precisa estar prevenido para a “insanidade” que tomou conta de alguns personagens políticos.

 “Nós que fazemos parte do projeto de reeleição, estamos preocupados com a integridade física do governador. Nós temos que reforçar a partir de agora a segurança do chefe do Executivo para evitar fatos absurdos como ocorreu com o coordenador da campanha, deputado Wellington Roberto, em Campina Grande, não se repitam”, disse.

Segundo Milanez, há provocações a pessoas pacatas no seu livre direto de escolha de candidato, bem como, agressões de pessoas ligadas ao candidato adversário Ricardo Coutinho (PSB) fazendo gestos obscenos dirigidos ao governador, fato este ocorrido na última carreata.

“Estamos vendo ainda vereadores tendo condutas descabidas quando eles têm que dar bons exemplos, até porque tudo termina no próximo domingo. Agora é bom que termine todo mundo vivo, todo mundo em paz. Mas a Paraíba sabe de quem gosta de violência e dá prática dela. Nós sabemos quem mandava quebrar os vidros da Câmara Municipal de João Pessoa, das manifestações que comandava e hoje quer posar de bom moço”, revelou.

Para ele, a Coligação não só deve tomar cuidado em relação à vida do governador, mas entende também que deve ser solicitado da Justiça, da Polícia Federal, do Tribunal Regional Eleitoral pedido de garantias. “Porque o que acontecer ao governador José Maranhão de hoje até domingo é de responsabilidade dos adversários que estão querendo levar a campanha para um lado que nós não desejamos entrar”, alertou.

Conforme Milanez, a disputa eleitoral não é pugilista, mas sim a disputa por um projeto de ética, de moral, de postura e compostura.
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.