Milanez acusa a Prefeitura de apresentar apuração fictícia na Emlur

O vereador Fernando Milanez (PMDB) disse que as justificativas da prefeitura para explicar o processo licitatório da coleta de lixo da Capital não passam de "uma apuração fictícia". Milanez criticou o que ele chamou de "crise sistêmica" na administração da cidade de João Pessoa, apontando os problemas denunciados pela oposição como as fotos mostradas da Maternidade Cândida Vargas, e os contratos da Emlur.

"Esta apuração não existiu mesmo porque é sabido  que o rapaz apontado nao é gari, é irmão de um alto funcionário graduado da Emlur", disse. Em relação ao pedido de impeachment previsto para ser impetrado hoje na Câmara, o vereador revelou que ainda está finalizando todo o processo para que seja entregue oficialmente, inclusive com a presença da imprensa e vários outros setores. A data da entrega, contudo, não foi estipulada pelo vereador.

"Chegaram mais documentos que estavam faltando e que vieram de São Paulo. Eles serão inseridos no pedido do impeachment que deve ser finalizado hoje, e nós vamos fazer uma entrega oficial reunindo Ministério Público, OAB, API, e Tribunal de Justiça", garantiu.
 

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.