Microsoft proíbe funcionários de usar iPhone e BlackBerry

A concorrência não só bateu à porta como foi incorporada para dentro da Microsoft. A companhia decidiu proibir que seus funcionários usem iPhone e celulares com a tecnologia Blackberry. A partir de agora, eles só podem trabalhar com aparelhos equipados com o sistema operacional Windows.

Segundo informa a imprensa americana especializada, a companhia de Bill Gates deixará de pagar a conta telefônica de seus mais de 90 mil funcionários que usarem celulares sem o Windows, ainda que seja para o trabalho.

A medida, de acordo com a agência de notícias EFE, visa a tentaiva de corte de custos. A empresa deve anunciar 5 mil demissões até junho de 2010.

Ao que parece, Gates quer repetir a mesma regra que trouxe para sua família. Segundo Melinda, esposa do executivo, ele proibiu que seus três filhos usem iPods ou telefones da concorrente Apple.

No entanto, como informa a EFE, algumas divisões da Microsoft não serão afetadas: é o caso da Razorfish, uma agência de publicidade de propriedade da Microsoft cujos funcionários seguirão tendo suas contas pagas, inclusive para uso pessoal, não importa o aparelho usado.
 

Redação Adnews

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.