Membro fundador do PT da Paraíba defende união da esquerda em torno de Ricardo

O historiador, sindicalista e membro fundador do Partido dos Trabalhadores (PT) na Paraíba, Eliézer Gomes, defende a união dos partidos de esquerda em torno da candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) à prefeitura de João Pessoa. Em um texto encaminhado ao ParlamentoPB, ele argumenta que se perdurar a divisão do campo democrático e popular haverá uma “tragédia”: “Sem a unidade dos setores ora elencados, tendo Ricardo Coutinho encabeçando a chapa, provavelmente teremos um segundo turno disputado entre os representantes da direita x os representantes da extrema direita (leia-se fascismo)”.

Confira a íntegra do artigo de Eliézer Gomes:

Cisão das esquerdas em João Pessoa, uma tragédia política!

Eliezer Gomes*

O quadro exposto, de cisão brutal que verificamos hoje no seio dos setores progressistas e de esquerda, em João Pessoa, já, a “olho nu,” nos aponta uma gravidade sem precedentes em nossa história política local.

Evidentemente que já vimos por qui, em alguns outros momentos, algo parecido; sim, aqui e ali já aconteceram rachas, separações pontuais e outros “chega pra lá.” Ocorre que as conjunturas suportavam e permitiam que logo após as grandes e médias tempestades políticas, as retomadas, os recomeços e as reparações acontecessem trazendo de volta, para o seu devido lugar o equilíbrio, ingrediente indispensável à democracia.

Porém a cisão que ocorre hoje, em perdurando, aponta para uma autodestruição do nosso necessário e imprescindível campo democrático/popular, de esquerda e progressista. A união e a ação unitária desses segmentos, que me arrisco a dizer, se completam, são condições sine qua non para que possamos enfrentar de forma real, e derrotarmos o conservadorismo, a direita, a extrema direita, o neoliberalismo e o fascismo, que só crescem no Brasil e no mundo, mais fortemente a partir de 2013, no Brasil.

Enquanto que, aqui em nossa “província,” o referido campo encontra-se nesse dilema, as outras forças que citei estão mais do que juntas, apesar de transparecerem algumas diferenças, aqui e ali, porém, nada demais que possa tirá-las do foco principal que é a tentativa de destruição dos setores progressistas, da esquerda e da democracia.

A meu ver, do PT, do PSB e do PCdoB, locais, e somente só, deles, é esperado um maior senso de responsabilidade política e ideológica. Se dividirem e se digladiarem nesse momento, e da forma como está se dando a celeuma, poderão tornar-se protagonistas de um deserto político de longa e incalculável duração, com consequências inimagináveis que poderão ferir de morte, também por aqui, a nossa frágil e quase mórbida democracia.

Não há como negar a importância urgente de uma composição dos três partidos acima citados, em torno da candidatura de Ricardo Coutinho. E aqui não se trata de uma questão meramente pessoal.

Ricardo Coutinho, neste momento, consegue apresentar um maior acúmulo e, portanto, imensurável adesão, isto é fato! além de que com a unidade (na luta), das esquerdas, os setores progressistas e os adeptos da democracia se sentirão “atraídos” para o chamado movimento útil, e as eleições tomariam um outro rumo, com mais participação, qualidade e possibilidades de um não retrocesso.

Sem a unidade dos setores ora elencados, tendo Ricardo Coutinho encabeçando a chapa, provavelmente teremos um segundo turno disputado entre os representantes da direita x os representantes da extrema direita (leia-se fascismo). Seria uma tragédia política terrível.

*Historiador, Sindicalista e fundador do Partido dos Trabalhadores – PT, na Paraíba

6 comentários

  • José Ricardo Medeiros
    21:12

    FIquei vivo para ver o Anísio tomando cachaça em comemoração ao enfraquecimento da esquerda em João Pessoa. Do outro lado, com certeza, também comemoraram os algozes do PT, da esquerda e dos trabalhadores pessoenses. A história vai te cobrar Anisio.

  • Sebastiana dos Santos Lima
    21:12

    É lamentável essa brincadeirinha de fazer política, do pt municipal. Esse divisionismo é inaceitável, que absurdo, a chance de resgate da política pessoense para o campo democrático está ameaçado e vocês serão responsabilizados. Estão serviço de quem?

  • Marta Hidalgo
    21:12

    Pessoal, já adianto aqui, não tenho filiação partidária.
    No entanto parabenizo a direção nacional do PT pela iniciativa de priorizar a união da esquerda com RC.
    E o seu artigo está maravilhoso, concordo plenamente. Se o quadro não mudar, a história julgará.

  • Saulo Junior
    21:12

    Ricardo Coutinho além de ser um político que tem um histórico progressista enorme, foi o governante que mais trabalhou por João Pessoa e pela Paraíba. Parabéns senhor Eliezer Gomes pelo grito de alerta, o recado tá dado!

  • Diego Lima
    21:12

    Perfeito, texto impecável. Ou os setores progressistas se aliam a RC ou vamos passar um bom período de retrocessos.

  • Adalberto Guilherme da Silva.
    21:12

    É ISSO AI, OS IGUAIS SE ATAEM.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.