Massa não tem novas lesões neurológicas, apontam exames

Chefe geral do hospital diz que brasileiro ainda corre perigo, mas Dino Altmann, médico do GP do Brasil, garante que ele está bem

Após passar a noite sedado, Felipe Massa foi retirado do coma induzido nesta manhã. De acordo com Peter Bazso, chefe geral do Hospital Militar de Budapeste, não foi constatada nenhuma nova lesão neurológica, mas perguntado por uma televisão húngara se ele corria risco de morte, ele confirmou. No entanto, Dino Altmann, médico responsável pelo GP do Brasil de Fórmula 1, que viajou à Hungria, discorda. Segundo ele, o brasileiro não corre risco algum.

Após a tomografia, Felipe Massa foi sedado novamente, para continuar descansando e passará por nova avaliação dos médicos a cada 48 horas. Ao ser perguntado se o brasileiro reconheceu a família, o chefe geral informou que ele foi acordado para a chegada da família, mas não entraria em detalhes sobre este assunto.

G1
 
 

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.