Marina promete falar sobre saída do PV nesta quinta (7)

A ex-senadora Marina Silva (PV) afirmou nesta terça-feira (5), ao desembarcar no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, que comentará sua possível saída do Partido Verde somente na próxima quinta-feira (7), em evento que deverá ocorrer em São Paulo. Questionada pelo G1 sobre rumores de seu desligamento da legenda, a ex-candidata à presidência da República em 2010 disse que não falaria a respeito do assunto naquele momento.

 
“Não estou falando sobre isso e não falarei aqui. Vou falar somente na quinta-feira e agora estou indo direto ao médico”, disse a ex-senadora, que iria procurar um oftalmologista para verificar um derrame na vista esquerda.
 
Desde o fim de junho, há rumores de que a ex-senadora e um grupo de aliados deixem o PV devido a brigas internas.  A assessoria de imprensa de Marina Silva confirmou que ela estará em um evento na próxima quinta-feira (7), às 14h, na Vila Madalena, na capital paulista e que o evento não seria institucional.
 
“Talvez, se eu melhorar, eu falo amanhã (nesta quarta-feira)”, mas sem divulgar detalhes de onde isso poderia ocorrer e também sem negar ou confirmar o desligamento no PV.
 
Viagem
Marina voltou de viagem feita à Alemanha, onde ministrou palestra em Berlim, a convite da Fundação Henrique Boll. Ela participou também de um congresso no fim de semana organizado pelo Partido Verde alemão.
 
Ela não quis comentar se pediu orientação a membros do PV de outros países sobre uma possível saída.
 
“Fui dar uma palestra sobre a perspectiva do desenvolvimento sustentável no Brasil. As pessoas visualizam o país com grandes expectativas, pois sabem que aqui há um potencial enorme para uma mudança de modelo de desenvolvimento. Há um interesse muito grande e foi sobre isso que falei”, afirmou Marina.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.