Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Marina diz que não se colocará no lugar de “vítima” de Dilma

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A senadora Marina Silva (PV-AC) disse hoje que não se colocará como "vítima" da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Quando era ministra do Meio Ambiente, Marina teve divergências com Dilma. "Não vou me colocar no lugar de vítima da Dilma", afirmou.

Marina falou sobre sua convivência com Dilma no governo Luiz Inácio Lula da Silva, após confirmar sua filiação ao PV na tarde deste domingo. Apesar da possibilidade de enfrentamento eleitoral com a pré-candidata do PT à Presidência, ela sinalizou que não usará sua saída do governo para atacar Dilma numa eventual campanha do PV.

"Minhas posições eram defendidas de igual para igual quando eu era ministra. Na Casa Civil, a Dilma coordenava o governo. Mas, em última instância, as decisões sempre foram do presidente Lula", avaliou.

Marina deixou o governo em maio de 2008, alegando dificuldades para cumprir a agenda ambiental federal. Nos bastidores, a saída de Marina foi atribuída a críticas internas de Dilma à atuação do Ministério do Meio Ambiente, que sob o comando de Marina seria excessivamente rigoroso no licenciamento de obras e projetos do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

A senadora, contudo, evitou reacender polêmicas com a antiga colega de governo e provável adversária nas urnas. "Eram, digamos assim, visões diferentes. Mas, não vou me colocar no lugar de vítima", frisou.


Folha Online

 

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Acidente na BR 230 deixa um motociclista morto

Motociclista morre após bater em traseira de caminhão na BR-230, em João Pessoa

Delegação da Paraíba no 24º Grito da Terra Brasil, em Brasília

Delegação da Fetag-PB participa de mobilização em Brasília do 24º Grito da Terra Brasil

Professora

MP recomenda medidas para promoção da igualdade racial nas escolas estaduais

João Azevêdo é homenageado na CMJP

João Azevêdo é homenageado na Câmara por obras estruturantes na Capital

Thyago Colaço e Luís Faro Ramos

Presidente da Câmara Portuguesa confirma visita do embaixador de Portugal à Paraíba

Perfume falsificado

Polícia apreende mais de dois mil produtos falsificados de marcas famosas em loja de CG

semanadomei (1)

Semana do MEI: Sebrae orienta empreendedores sobre adesão ao Domicílio Eletrônico Trabalhista

egidiopreso

Audiência de Egídio tem oitiva de Dom Delson, mas é interrompida a pedido da defesa

acidentetransito (1)

Câmara de João Pessoa debate Maio Amarelo pela paz no trânsito

robertosantiago

Roberto Santiago: herança da avó e tios tirou a família do fundo do poço