Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Marina afirma que Dilma e Serra fazem propaganda antecipada

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

A pré-candidata do PV à Presidência, Marina Silva, afirmou nesta segunda-feira que a petista Dilma Rousseff e o tucano José Serra fazem propaganda antecipada. "Estou me referindo aos dois", respondeu ao ser questionada em entrevista à rádio "CBN" se falava de Serra ou Dilma ao dizer que há pré-candidatos não cumprindo a legislação eleitoral.

Ela também respondeu sobre a representação do Ministério Público Eleitoral contra ela por propaganda eleitoral antecipada. Na sexta-feira, a Procuradoria entrou com pedindo a aplicação de multa à pré-candidata do PV. A ação foi protocolada no TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo a Procuradoria, a propaganda aconteceu no dia 11 de maio em evento na Assembleia do Rio Grande do Sul. No ato, Marina recebeu o título de cidadã do Estado. O Ministério Público afirma que a propaganda aconteceu por conta de um banner fixado no prédio da Assembleia. A faixa tinha uma foto da pré-candidata e a frase "Marina é a cara do Brasil".

De acordo com a pré-candidata, a propaganda foi involuntária e foi feita por militantes do PV sem o seu conhecimento. "Estou aguardando para saber mesmo se involuntariamente nós estamos extrapolando."

Marina também negou que tenha motivo político a exclusão de seu nome em faixas no lançamento da pré-candidatura do deputado Fernando Gabeira ao governo do Rio, que aconteceu no Rio. "Foi uma orientação de quem está entendendo a legislação e não quer extrapolar." O PSDB de Serra estará na aliança de Gabeira já no primeiro turno.

Ela rebateu as críticas de aparelhamento do Ministério do Meio Ambiente durante a sua gestão. Segundo a ex-ministra, as indicações seguiram critérios éticos e técnicos.

Para ela, é preciso esperar para avaliar se o acordo com o Irã conduzido pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve resultado. "Temos que ficar em compasso de espera", afirmou. Segundo Marina, o governo iraniano já desrespeitou acordos parecidos antes e é um país que desrespeita os direitos humanos.

Marina admitiu que hoje votaria a favor da lei de responsabilidade fiscal e do Plano Real. De acordo com ela, os votos contrários nessas matérias foram orientação do seu partido na época, o PT.

"Eu digo que foi um erro não termos avaliado que havia um ganho com o Plano Real", disse. Ela disse que não vê problema em mudar de posição em matérias como esse tipo. "Quando mudo de opinião, não é por conveniência, mas por convicção".

A senadora disse que, se fosse presidente, vetaria a mudança no fator previdenciário, mas manteria o reajuste de 7,7% para os aposentados –aprovados semana passada pelo Senado.

Ela também defendeu uma reforma previdenciária. "A previdência vai precisar de uma resposta, um saneamento."

 

Folha Online

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG

Criança e adulto, mãos dadas

‘Festa da Adoção’ tenta aproximar crianças e adolescentes de pessoas aptas a adotar