Marcondes esclarece mal entendido sobre visita de Lula ao sertão

O deputado federal paraibano Marcondes Gadelha encaminhou uma nota à imprensa no final da manhã de hoje para esclarecer o episódio em que alguns deputados e políticos paraibanos foram barrados pelo cerimonial da presidência da República no sítio Boa Vista, em São José de Piranhas. Segundo Marcondes, a comitiva paraibana acompanhou toda a visita, que começou com uma reunião em São José de Piranhas, de onde todos seguiram para as obras do túnel. Marcondes Gadelha confirmou a existência de "um mal entendido" que acabou gerando um atraso na ida de alguns dos convidados para o canteiro de obras.

“Na saída da comitiva, não havia ônibus suficientes para o traslado de todos os presentes, o que gerou algum desconforto, mas o problema foi logo contornado pelo Exército”. O deputado Marcondes informou, ainda, que seguiu na comitiva do comandante do exército e na companhia do deputado estadual Jeová Campos e outras autoridades paraibanas.

Apesar disso, Marcondes avaliou positivamente a visita do presidente Lula às obras de Transposição do São Francisco em São José de Piranhas, sertão da Paraíba.

 Marcondes informou que as obras do túnel Cuncas I estão em estágio avançado. “São 15km de túnel, o maior da América Latina, que encontram-se dentro do cronograma”. O deputado Marcondes Gadelha, defensor histórico do projeto de transposição, não escondeu a satisfação de visitar as obras na companhia do presidente Lula.

“É sem dúvida um momento especial, histórico, visitar um projeto que se tornou uma das principais bandeiras de luta da minha vida publica na companhia do presidente que tornou realidade um sonhos secular de milhões de nordestinos”, comentou Marcondes.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.