Márcio Roberto vai à Polícia denunciar ameaça de morte

O deputado estadual Márcio Roberto (PMDB) e a esposa dele, Joseilma Rezende, foram ameaçados de morte através de dois telefonemas. A informação foi confirmada hoje pelo parlamentar, que procurou a Polícia Federal e a Secretaria de Segurança para pedir que o caso seja investigado.

A primeira ligação ameaçadora foi feita no último sábado, 9, para o celular do deputado Márcio Roberto, de um número confidencial. No dia seguinte, a esposa do parlamentar também recebeu um telefonema de um homem que prometia sequestrá-la. Desta vez, contudo, o número do telefone de onde partiu a chamada ficou registrado no aparelho de Joseilma.

Nem o deputado e nem a esposa souberam explicar o motivo das ameaças: "Não temos inimigos, por isso, não posso imaginar de onde partiram esses telefonemas. Sei apenas que o número é da Paraíba".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.