Marcelo Miranda é acusado de novo crime eleitoral

O governador de Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB), é alvo de nova acusação de crime eleitoral, informa reportagem de Hudson Corrêa e Leonardo Souza publicada neste domingo na Folha.

Miranda, que já responde a um processo de cassação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) por crime eleitoral, é investigado por supostamente distribuir materiais esportivos para candidatos aliados que disputaram as eleições municipais do ano passado.

Segundo a reportagem, parte do material foi entregue na residência oficial do governador, no gabinete da primeira-dama e aos deputados federais aliados.

Por meio de nota, o governador negou as irregularidades e mandou apurar a distribuição de equipamentos.

Folha Online

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.