Maranhão pede que Oposição seja honesta e aprove empréstimo de R$ 191 mi

O governador da Paraíba, José Maranhão (PMDB), mandou um recado duro aos deputados da oposição na Assembleia Legislativa. Ao mesmo tempo em que cobrou rapidez na apreciação do pedido de empréstimo de R$ 191 milhões, ele disse que os parlamentares que votarem contra estarão se posicionando contra o desenvolvimento do Estado, já que o dinheiro será usado para compensar as perdas decorrentes do Fundo de Participação dos Estados e da arrecadação do ICMS:

"Esse empréstimo é importante para investimentos e para o custeio da máquina administrativa. Confio na clareza de espírito e honestidade da oposição. Quem votar contra esse projeto, está votando contra a Paraíba, quer que a Paraíba não dê certo e quer que a Paraíba depois de perder R$ 150 milhões não tenha direito a um projeto de compensação de financiamento concedido pelo Governo Federal. Já era para ter sido aprovado porque todos os Estados nordestinos já aprovaram. O único que não aprovou foi a Paraíba. Esse é um exemplo de que a relação do executivo com o legislativo tem que ser civilizada, permeada pelo espírito de paraibanidade. Os deputados de oposição precisam se conscientizar que há questões que estão acima das conveniências político-partidárias, porque tocam a todos. Da mesma forma que o governador não quer discriminar os prefeitos de oposição, também esperamos que os deputados de oposição não discriminem o Governo do Estado", disse ele.

O projeto de lei de autoria do Governo do Estado que autoriza o Executivo a contratar operações de crédito interno junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor de R$ 191.556,000 chegou à Assembleia Legislativa no dia 27 de maio.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.