Maranhão inaugura Centro de Hemodiálise e visita obras em Cajazeiras

O governador José Maranhão inaugura, nesta sexta-feira, 30, o Centro de Hemodiálise no Hospital Regional de Cajazeiras e entrega quatro ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), no Sertão paraibano. Ainda no município, ele concederá uma entrevista para uma emissora de rádio, visitará as obras do Presídio Regional, fará o lançamento da Pedra Fundamental para implantação da Indústria Farmacêutica da Paraíba e participará do debate promovido pelo Movimento dos Amigos de Cajazeiras (MAC).  

O Centro de Hemodiálise vai funcionar num prédio anexo ao hospital, no bairro do Centro. O serviço contará com 12 máquinas que serão terceirizadas pelo Governo do Estado. No total, foram investidos R$ 200 mil. O Centro vai beneficiar os pacientes da região que, atualmente, precisa se deslocar para o município de Sousa para fazer o tratamento. “Esse será o primeiro Centro de Hemodiálise de Cajazeiras e vai atender 17 municípios da região, além de pacientes dos Estados do Ceará e Rio grande do Norte que procuram por esse serviço”, informou o diretor do hospital, Antônio Fernandes.

Presídio Regional de Cajazeiras – Iniciado, em 1999, no governo Maranhão II a obra estava quase toda concluída no final de 2002 e os recursos para conclusão haviam sido assegurados pelo Governo do Estado. Agora, nessa gestão, o Presídio Regional de Cajazeiras finalmente será entregue à população. Um investimento de R$ 4,5 milhões, com capacidade de abrigar 150 detentos do regime fechado que, atualmente, estão encarcerados na Cadeia Publica da cidade. A nova unidade está sendo construída na Br 230, próximo ao Distrito de Divinópolis.

Foram investidos cerca de R$ 500 mil para instalação de gerador, transformador, colchões, cercas elétricas, móveis e equipamentos de cozinha. O Governo do Estado também garantiu recursos de mais de R$ 320 mil para conclusão da parte externa do presídio, com a construção de guaritas posteriores e outras edificações necessárias para garantir a segurança. Após inauguração da nova unidade prisional, a Cadeia Pública será desativada e passará por uma reforma, onde será divida para abrigar o Presídio Regional Feminino e um albergue masculino.

Indústria Farmacêutica – Maranhão participa, ainda, da solenidade de lançamento da Pedra Fundamental para implantação da Indústria Farmacêutica da Paraíba Goldfarb Medicamentos. A empresa será instalada numa área de 15.300 metros quadrados, localizada no Distrito Industrial da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep). Atuante no ramo de atividade da industrialização e comercialização de produtos médico-hospitalares, a empresa terá uma produção em torno de 8,5 milhões de unidades de produtos farmacêuticos por ano, para o mercado nacional. Serão produzidos comprimidos e soros injeitáveis. A expectativa de faturamento anual é de R$ 32 milhões.

No mês de março a empresa assinou o protocolo de intenções, sendo beneficiada através do Fundo de Apoio ao Desenvolvimento do Estado da Paraíba (Fain), com investimentos na ordem de R$ 8,2 milhões. O presidente da Cinep, João Laércio, disse que a Goldfarb Medicamentos quando estiver instalada vai gerar 354 empregos diretos para o município.

Crescimento econômico – No início da noite, o governador participa de um debate promovido pelo Movimento dos Amigos de Cajazeiras (MAC). Na ocasião, serão discutidos assuntos referentes ao crescimento econômico sustentável, social e político da região do Sertão da Paraíba.              
 
Programação no município de Cajazeiras:
13h – Concede entrevista para emissora de rádio local;
15h – Visita às obras do Presídio Regional;
16h – Inauguração do Centro de Hemodiálise do Hospital Regional de Cajazeiras e entrega de quatro ambulâncias do Samu;
17h – Solenidade de lançamento da Pedra Fundamental para implantação da Indústria Farmacêutica da Paraíba Goldfarb Medicamentos;
20h – Participa do debate promovido pelo Movimento dos Amigos de Cajazeiras (MAC).

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.