Maranhão espera diferença substancial e acusa PSB de criar farsa

O governador da Paraíba, José Maranhão (PMDB), candidato à reeleição, votou por volta das 11 horas na Escola Estadual de 1º Grau Padre Roma. Ao chegar ao local, ele conversou com a imprensa e fez críticas ao seu adversário, Ricardo Coutinho (PSB). Ao ser perguntado sobre a acusação de ter distribuído panfletos anônimos com acusações ao socialista, Maranhão disse que a estratégia teria sido montada pelo próprio PSB:

– A distribuição de panfletos foi feita e ficou provado que foi por uma van do comitê adversário. Foi uma farsa que ele fez e não colou.

O peemedebista também disse estar otimista com a votação de hoje e declarou acreditar que manteria a vantagem em Santa Rita, onde o prefeito rompeu com ele no segundo turno, e reverter a baixa que houve em Bayeux, núcleo peemedebista gerido pelo apresentador de TV e rádio Jota Júnior. Maranhão também disse o que esperava do resultado das urnas:

– Foi uma campanha muito disputada, cheia de acidentes, mas normais de qualquer campanha. Sou testado e vivido na vida pública. Não vou me deixar abater por episódios transitórios. É melhor crescer substancialmente no segundo turno que ter uma vantagem primeiro e depois perder. Vamos chegar ao final da votação com uma diferença substancial. Tenho fé em Deus e posso dizer que essa reversão do processo foi pela vontade de Deus. Foi ele que tocou na consciência de todas as pessoas para que haja esse resultado tão favorável neste momento.

Finalmente, Maranhão disse que vai acompanhar a apuração dos votos em João Pessoa.

– Não sei se estarei em casa ou se na casa de um amigo. Deve ser muito rápido.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.