Maranhão elogia Marcus Odilon e Ana Lúcia, mas esquece Quinto

O governador José Maranhão (PMDB) falou hoje de manhã, em seu programa semanal de rádio, sobre as realizações de sua administração na cidade de Santa Rita. Ele disse que há 32 serviços de consertos em 22 ruas, onde os trabalhos da Cagepa haviam causado algum problema no trânsito.

Maranhão disse que a principal obra de seu Governo para a cidade é a Transposição Litorânea, um sistema adutor orçado em R$ 125 milhões que vai assegurar água pelos próximos 30 anos para Santa Rita, João Pessoa, Bayeux, Cabedelo e Conde.

Na entrevista semanal dirigida aos paraibanos, através do programa de rádio “Palavra do Governador”, o governador José Maranhão destacou, ainda a ampliação do sistema de esgotamento sanitário, no Distrito de Várzea Nova, que beneficia 1.071 famílias. No centro de Santa Rita e no bairro Odilândia, o Estado também amplia o sistema de esgotos. Ainda no centro da cidade está em execução a ampliação e melhoria do sistema de abastecimento d’água, que inclui rede de distribuição e ligações domiciliares. Até dezembro deste ano a cidade ganha a ampliação do sistema de abastecimento d’água, benefícios para 8.229 famílias dos bairros de Tibiri II e III, Marcos Moura e Eitel Santiago.

Ainda sobre a cidade, ele acrescentou elogios ao prefeito Marcus Odilon e à primeira-dama, Ana Lúcia Ribeiro Coutinho. O deputado estadual Quinto de Santa Rita, filho de ambos, contudo, não foi citado pelo governador:

"Estamos fazendo um esforço administrativo pontual, mas de grande importância para a qualidade de vida do povo de Santa Rita. A cidade é governada por um grande correligionário, o prefeito Marcus Odilon, que vem fazendo uma administração exemplar. A primeira dama é uma mulher altamente dedicada à atividade social e vem revolucionando em Santa Rita com um trabalho complementar à administração de seu esposo, o meu amigo e companheiro Marcus Odilon Ribeiro Coutinho", disse o governador.

Quinto, apesar de ser do partido de José Maranhão, tem feito queixas à administração do governador e criticado a ausência da administração estadual em Santa Rita. Na votação polêmica do pedido de empréstimo ao BNDES, ele ameaçou votar contra, mas acabou sendo favorável à matéria.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.