Maranhão diz que PMDB não aceita ser vice nas eleições de 2012

O ex-governador José Maranhão (PMDB) afirmou que nem ele, nem seu partido aceitarão concorrer apenas na condição de vice-prefeito nas eleições de 2012. Para Maranhão, devido à expressão política de seu partido, a candidatura própria é uma obrigação do PMDB. O comentário foi feito em resposta às especulações sobre uma aliança com o PSDB de Cícero Lucena, já no primeiro turno, com os tucanos encabeçando a chapa:
 
– O PMDB não aceita isso. Esse é o sentimento de toda a chapa proporcional, do diretório municipal e das lideranças. O partido, pela expressão política que tem, se sente no dever e obrigação de ter candidatura própria a prefeito. Eu tenho recebido apoio de todos os segmentos da sociedade e não posso me omitir em um processo tão importante, até por que é a nossa capital, é uma cidade de alto nível político e social.
 
Sobre a disputa interna com o colega Manoel Junior, Maranhão minimizou a disposição do deputado federal em concorrer e disse que as pesquisas decidirão quem será o candidato do PMDB à prefeitura de João Pessoa:
 
– Temos uma ótima relação e já estabelecemos um critério: o candidato será aquele que estiver em melhor situação.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.