Maranhão diz que conversou com Cícero e que tucano estaria “magoado”

O ex-governador e presidente estadual do PMDB, José Maranhão, disse hoje (25) que telefonou para o senador Cícero Lucena (PSDB) com intuito de prestar solidariedade pelos últimos acontecimentos na legenda tucana. Maranhão afirmou que sentiu o senador magoado com o fato de ter sido excluído da chapa majoritária do seu partido nas eleições deste ano.

– Telefonei para Cícero para dar minha solidariedade pessoal e política diante dos fatos ocorridos. Senti que ele está muito magoado, contrariado, não pelo fato de não ter sido indicado, mas pela forma como foi feito o processo.

Em entrevista a rádio 98 FM, Maranhão contou ainda que o PMDB não vai aceitar qualquer nome para compor a chapa majoritária encabeçada pelo ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo. Vale salinetar que a legenda busca fechar um acordo com o PT.

– Indicar por indicar não é o jeito correto de se fazer política.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.