Maranhão desqualifica reajuste dado por Ricardo a servidores

O reajuste linear de 3% oferecido pelo governador do Estado da Paraíba aos servidores públicos mereceu um comentário desqualificador do antecessor, José Maranhão (PMDB). Em entrevista na rádio Sanhauá, Maranhão disse que o percentual é "um escárnio" e "uma traição" à categoria porque, segundo ele, representa metade da inflação registrada em 2011.

– Eu posso lhe dizer com toda cautela que o aumento que o governador concedeu aos servidores não foi de 3%, mas de 50% da inflação, o que é um escárnio para quem se dizia socialista e defensor do servidor público. Ricardo está se caracterizando por não gostar dos servidores. A PM é essencial à segurança pública e a nossa segurança é a pior do Brasil. João Pessoa tem o segundo lugar entre as cidades mais violentas do Brasil. O governador retirou os benefícios conquistados pelos policiais no meu governo, apesar da lei ter sido aprovada na Assembleia. Simplesmente, a alegação foi de que o Estado não tinha recursos para sorver os compromissos. Ele revogou a lei, não deu nada em troca. Ao contrário, diminuiu a alimentação e está oferecendo uma ajuda irrisória para a alimentação. Deixo minha solidariedade, amizade e compreensão aos servidores públicos do Estado. Não há mal que dure a vida toda.

Maranhão completou que o PMDB irá corrigir estas distorções quando retornar ao comando do Governo do Estado. Ele ainda comparou o reajuste a "um presente de grego".

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.