Maranhão confirma chapa e lê discurso enaltecendo obras do Governo

Paulo de Pádua

Poucos candidatos e parlamentares tiveram a chance fazer discurso durante a convenção do PMDB, realizada hoje à noite na casa de shows Forrock. Monitorados pelo assessor direto do governador José Maranhão, jornalista Idácio Souto, quem conseguiu discursar teve que ser breve. A chapa de situação não teve surpresas e foi confirmada com a postulação à reeleição de José Maranhão, tendo Rodrigo Soares (PT) como vice. Vital Filho e Wilson Santiago (PMDB) são os postulantes ao Senado>

Além de Maranhão, também discursaram os candidatos ao Senado, Wilson Santiago e Vital Filho; o prefeito de Santa Rita, Marcos Odilon; o deputado estadual Fabiano Lucena (PSDB), sobrinho do senador tucano Cícero Lucena; os deputados federais Armando Abílio, presidente estadual do PTB, e Marcondes Gadelha (PSC).

Idácio Souto controlava tanto o tempo dos discursos que chegou a ser deselegante com Armando Abílio ao tomar o microfone das mãos do petebista. Diferentes de outras convenções e atos políticos, José Maranhão trocou o discurso improvisado pelo escrito. Ele leu mais de cinco folhas que continham um relato minucioso das ações que o governo estadual vem executando ou que já foram realizadas em um ano e seis meses de administração.

Maranhão prometeu, entre outras coisas, concluir o Centro de Convenções de João Pessoa, iniciar a Via Jaguaribe, concluir 33 hospitais públicos, o binário de Bayeux, a revitalização do Porto de Cabedelo e o Aeroporto Regional de Cajazeiras. O peemedebista destacou a aquisição de 150 ônibus para transportar os estudantes nos municípios paraibanos, a distribuição de fardamentos e kit escolar gratuitamente, a realização do Fenart, a recuperação do Espaço Cultural, os investimentos no Teatro Santa Roza e a aquisição de 280 novas viaturas para a Polícia Militar.

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.