Maranhão apresenta a ministro projeto de Centros Vocacionais

O governador José Maranhão participou, na tarde desta terça-feira, 28, de audiência com o ministro da Ciência e Tecnologia, Sérgio Machado Rezende. A reunião aconteceu no gabinete do Ministério, em Brasília. Na ocasião, foi apresentado o projeto de criação de Centros Vocacionais e Tecnológicos (CVT) no Estado. “Eu vim pessoalmente para deixar bem claro a posição do governo da Paraíba como instituição de apoio a essas iniciativas”, afirmou Maranhão.

“O ministério vai trabalhar em parceria com o governo do Estado, com o Parque Tecnológico e com a Universidade Federal de Campina Grande para viabilizar o projeto, para que ele seja colocado em marcha o mais rápido possível”, afirmou o ministro Sérgio Machado.

Criado para dar condições de acessibilidade digital ao cidadão carente, o CVT nos municípios paraibanos vai permitir a difusão do conhecimento científico e tecnológico para as áreas de processo produtivo, por meio das unidades de ensino e profissionalização.

Com isso, as chances de empregabilidade nos municípios beneficiados e suas regiões vizinhas vão aumentar.

 “O projeto vai implementar equipamentos extremamente importantes para promoção e desenvolvimento local das regiões contempladas. O CVT vai ter condição de treinar, capacitar  e gerar mão de obra qualificada, olhando para as vocações regionais de maneira que essas pessoas possam empreender e desenvolver seu próprio negócio e participar de maneira mais ativa dentro da cadeia produtiva local”, explicou a diretora do Parque Tecnológico da Paraíba, Francilene Procópio.

José Maranhão afirmou que vai apoiar o projeto. “Essa entidade faz a gestão e a articulação dos CVTs com os entes públicos. Eu considero fundamental para o desenvolvimento do Estado. A Paraíba tem de se inserir de forma definida na inclusão digital, no domínio das tecnologias. E a audiência de hoje nos trouxe uma boa pedagogia, a de que nós devemos procurar o caminho do Congresso Nacional para consignar recursos definitivos para levar á frente todos esses sistemas”, completou o governador.

O governador explicou, ainda, onde serão contemplados. “São 15 centros nas várias regiões. Mas isso não é um projeto fechado, ele está  aberto a  muitas ampliações, tantas quanto forem necessárias e surgirem do interesse da comunidade e da sociedade.”

Estiveram presentes os deputados federais o senador Roberto Cavalcanti, Wilson Santiago  e Marcondes Gadelha; os prefeitos Lavoisier Dantas, de São João do Peixe, Dona Dida, de Itabaiana e Euda Fabiana Venâncio, de Cuité. Também participaram da reunião o reitor da Universidade Federal de Campina Grande, Thompson Mariz, a diretora Geral do Parque Tecnológico da Paraíba, Francilene Procópio Garcia, e secretários municipais das cidades contempladas com o CVT.

Difusão de Conhecimento

Os Centros Vocacionais Tecnológicos (CVT) são unidades de ensino e de profissionalização, voltados para a difusão do acesso ao conhecimento científico e tecnológico, conhecimentos práticos na área de serviços técnicos, além da transferência de conhecimentos tecnológicos na área de processo produtivo.

Os CVTs estão direcionados para a capacitação tecnológica da população, como uma unidade de formação profissional básica, de experimentação científica, de investigação da realidade e prestação de serviços especializados, levando-se em conta a vocação da região onde se insere, promovendo a melhoria dos processos. Até o momento, o Ministério da Ciência e Tecnologia apoiou a criação de 236 CVTs, instalados em todo o Brasil desde 2003.

TAGS

Comentários

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.