Notícias de João Pessoa, paraíba, Brasil

Manoel Júnior quer mandar Ficha Limpa de volta à Câmara

Facebook
Twitter
WhatsApp
Telegram

O deputado federal Manoel Junior (PMDB-PB) discursou no Plenário da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira, 20, para pedir que o projeto Ficha Limpa (projetos de Lei Complementar 168/93, 518/09 e outros), que foi aprovado pelo Senado Federal na quarta, seja reapreciado pelos deputados. De acordo com ele, o projeto sofreu alterações importantes no mérito, tornando a proposta menos eficaz.

“O Senado alterou a proposta e aprovou um texto que não vai levar em conta a ficha pregressa do candidato até esta data. Dessa forma, passaram a borracha na ficha dos candidatos que têm ficha suja. Não é isso que a sociedade espera do Congresso Nacional”, afirmou o parlamentar.

De acordo com o deputado, na próxima semana serão levadas várias questões de ordem ao presidente da Casa, Michel Temer (PMDB-SP), solicitando que a proposta volte à Câmara dos Deputados para ser corrigida.

Leia a íntegra do discurso:

“A segunda parte do meu discurso, Sr. Presidente, é sobre uma preocupação. Deputado Júlio Delgado, aqui nós temos um jurista, um colega que está aqui presente, um Deputado brilhante do Estado do Maranhão e quem sabe futuro Governador daquele Estado, com quem conversei há pouco acerca do Projeto Ficha Limpa.

A minha preocupação é a seguinte; nós aqui aprovamos o projeto e o remetemos ao Senado Federal. Lá, fomos pedir aos Srs. Senadores que o votassem com a maior brevidade possível para que pudéssemos dar uma resposta efetiva à nossa sociedade.

Infelizmente, Deputado Júlio Delgado, o que fizeram ontem? Assassinaram o projeto. O que fizeram com o projeto que aqui foi votado para justamente tentar melhorar a qualidade dos nossos parlamentos e da vida pública e eleger pessoas que realmente tenham ficha limpa? Zeraram a ficha, ou seja, limparam a ficha suja de um bocado de gente.

Pelo menos é essa a primeira interpretação que alguns juristas têm dado. Sou médico, não costumo me aprofundar em matérias como essa, até porque não a conheço. Mas tenho ouvido de vários Parlamentares advogados e juristas e de pessoas que entendem profundamente do Direito Constitucional que o Senado, ontem, ao contrário do que foi propalado, simplesmente limpou a ficha suja de muita gente.

Eu quero aqui falar, em particular, da Paraíba, onde vivemos durante 6 anos e 2 meses num Governo viciado, com corrupção espalhada por todos os segmentos, todas as Secretarias. Durante o processo eleitoral de 2006, Deputado Flávio Dino, vimos um Governador usar a máquina administrativa de forma violenta.

Vejam o deságio. E o Senado ontem passou o pincel nisso tudo, dizendo que o projeto Ficha Limpa é a partir de agora, e quem está para trás agora tem ficha limpa. A sujeira nós vamos lavar aqui.
A Câmara não pode curvar-se a esse tipo de coisa. Quando o Senado aprova qualquer coisa e modifica lá, obviamente o projeto tem que retornar para ser novamente avaliado por esta Casa. Sabemos que o Senado é a Casa revisora, mas efetivamente mudaram o mérito daquilo que a Câmara dos Deputados votou. O Deputado Flávio Dino, o Deputado Júlio Delgado, o Deputado Michel Temer, o Deputado Roberto Magalhães, muitos dos expertos na matéria debruçaram-se e passaram aqui meses e meses trabalhando sobre esse projeto, o Ficha Limpa.

Eu faço um apelo ao Presidente Michel Temer, a todos os meus colegas da Mesa, para que nós obviamente adotemos uma postura, uma posição, a partir da próxima semana, e demos efetivamente, Sr. Presidente, uma resposta à sociedade brasileira”.

Tags

Leia tudo sobre o tema e siga

MAIS LIDAS

Exaustão, sobrecarga… por que não reconhecemos os nossos limites?

Presidente do PT é acusado de cometer etarismo contra Luiz Couto

Incidente no Restaurante Garden: entenda o que realmente aconteceu

Anteriores

joaobelga

Paraíba terá Centro de Distribuição e fábrica de esquadrias de PVC de empresa da Bélgica

Artêmio Picanço, advogado

Advogado considera “surreal” decisão da Justiça da Argentina pela prisão domiciliar de Antônio Neto; veja

Igreja Matriz de Monteiro

Polícia procura mulher suspeita de furtar dinheiro de ofertas da Igreja Matriz, de Monteiro

PF Operação Rescue

Operação da PF prende homem por armazenar imagens de abuso sexual de crianças

Concurso, freepik 1

MP recomenda retificação de edital do concurso para Guarda Civil de Santa Rita

PF operação Pombo, Objetos encontrados em casa de funcionários dos correios

PF investiga desvio de encomendas dos Correios e apreende objetos em casa de servidor

João Pessoa linda demais, secom pb

João Pessoa é destaque entre os Top 10 Destinos de Viagem para o mês de julho

Fábio Andrade, procurador-geral do Estado

Estado aprova lista de acordos diretos de precatórios com 593 propostas e R$ 78 milhões

Sérgio Moro 22

Por unanimidade, TSE rejeita cassação do mandato de Sergio Moro

Perilo Lucena, juiz

Ação alerta contra abuso e exploração sexual infantil nos festejos juninos de CG